ConsumidorSanta Maria

CONSUMIDOR. Procon recebeu 22 mil consultas no ano passado. E 3,5 mil empresas foram reclamadas

Houve queda no número de reclamações em 2014, comparando com o ano anterior
Houve queda no número de reclamações em 2014, comparando com o ano anterior

Ainda que com atraso – a relação, uma obrigatoriedade prevista na legislação, normalmente é feita em janeiro -, foi divulgado hoje um relatório do Procon/Santa Maria, com informações acerca da atividade do órgão no ano passado.

procon 2Fica-se sabendo, por exemplo, que em 2014 houve 22.038 atendimentos de consumidores, fosse no balcão, por telefone ou e-mail. Destes, tornaram-se reclamações formalizadas nada menos que 3.470. Um número, por sinal, inferior ao registrado no ano anterior.

São responsáveis pelo trabalho divulgado as acadêmicas de Direito da Unifra, Beatriz Moro de Azevedo Gomes e Bruna de Lima Bordignon, supervisionadas pelo professor Vitor Hugo do Amaral Ferreira, dentro do projeto de Ensino, Pesquisa e Extensão Educação para o Consumo, do Centro Universitário Franciscano.

E sabe aquelas empresas sobre as quais você mais ouve reclamações? Sim, as operadoras de telefonia e televisão por assinatura? Pois é, são elas mesmas que ponteiam a relação completa divulgada no relatório. Ah, entre as campeãs não há uma só com sede em Santa Maria. Olha só as 15 primeiras:

Oi – Brasil Telecon – 358 reclamações formalizadas

Vivo – 157

GVT – 142

Claro – 138

Carrefour – 89

Magazine Luiza – 88

CCE – 87

Net – 77

Big – 73

Sky – 70

Deltasul – 69

Lojas Colombo – 64

AES Sul – 51

Samsung – 50

PARA CONFERIR A LISTA COMPLETA, NA ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo