SAÚDE. Lei que mudou Plano Diretor e beneficia o Hospital da Unifra está com Schirmer. Só falta a sanção

SAÚDE. Lei que mudou Plano Diretor e beneficia o Hospital da Unifra está com Schirmer. Só falta a sanção - prefeitura-hosp-unifra

Solenidade no Palacete, com o prefeito, secretários e vereadores: a lei já está com Schirmer

Depois, será com o Centro Universitário Franciscano – que terá de buscar as licenças legais, inclusive a ambiental, para ampliar o Hospital São Francisco de Assis, no bairro Nossa Senhora de Lourdes, em acordo com o projeto original. Este feria as regras do Plano Diretor, agora modificadas.

Falta ainda a sanção do prefeito Cezar Schirmer, mas o documento aprovado na Câmara já está com ele e foi entregue nesta sexta-feira, no Palacete da SUCV, por uma comitiva de vários vereadores, como relata material distribuído pela assessoria de imprensa da Prefeitura. O texto é de André Campos, com foto de João Vilnei. A seguir:

Executivo recebe projeto aprovado que altera o Plano Diretor e permite expansão de Hospital Escola

O prefeito Cezar Schirmer e os secretários de Gestão e Modernização Administrativa, Carolina Salbego Lisowski e de Planejamento Estratégico, Carlos Brasil Pippi Brisola, receberam em seu Gabinete uma comitiva da Câmara de Vereadores, liderada pelo presidente Sérgio Roberto Cechin, para entregar o projeto de Lei, aprovado por unanimidade, que altera o Plano Diretor e, entre outros dispositivos, permite a ampliação do Hospital Escola São Francisco, da Faculdade de Medicina do Centro Universitário Franciscano.

O presidente do Legislativo destacou ao prefeito o trabalho de seus pares, em especial os vereadores Cezar Ghem e Marta Zanella; fez um breve relato do percurso de debates com a comunidade, e lamentou a Audiência Pública que não chegou a ser realizada na Escola Edison Figueiredo, que teria o objetivo de esclarecer para aquela comunidade os objetivos do projeto.

Os vereadores Luis Carlos Fort, Tavores e Ovídio Mayer, integrantes da comissão que conduziu os trabalhos também se manifestaram sobre a importância social, econômica e educacional que o investimento permitido pela alteração da lei vai proporcionar ao desenvolvimento da região.

O prefeito Cezar Schirmer destacou que do ponto de vista formal, o projeto obedece aos requisitos da Lei e que o Executivo foi muito cuidadoso na tarefa multidisciplinar de agregar os diferentes pontos de vista que convergiram para a previsão legal. “Ademais, no mérito, não tenho nenhuma dúvida de que esta é a melhor decisão para a cidade, ao tempo que contempla uma visão de futuro e, somente pelo que vai significar ao segmento da Saúde, já se justificaria como extremamente necessário e urgente”, avaliou o chefe do Executivo…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

PARA LER A VERSÃO DA CÂMARA, PARA O ENCONTRO, CLIQUE AQUI



3 comentários

  1. O Brando

    Tanta gente que não coube direito na foto. Num país sério, o documento iria pelo malote e não teria foto. Mais trabalho e menos "atos simbólicos".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *