PartidosSanta MariaTransporte

CIDADE. PSOL promete recorrer até à Justiça, para tentar barrar o aumento da tarifa de ônibus urbano

Tarifa teve aumento referendado pelo Conselho Municipal de Transportes em fevereiro. Na semana passada, Schirmer acolheu (foto AIPM)
Tarifa teve aumento referendado pelo Conselho Municipal de Transportes em fevereiro. Na semana passada, Schirmer acolheu (foto AIPM)

No final da manhã de hoje, o PSOL, através de sua Secretaria de Comunicação, divulgou nota acerca do reajuste da Tarifa Urbana, em vigor desde hoje em Santa Maria, depois de dois meses de adiamento por parte do prefeito Cezar Schirmer. Acompanhe:

“NOTA DO PSOL SOBRE O AUMENTO DA TARIFA DO TRANSPORTE PÚBLICO EM SANTA MARIA

Pra começo de conversa, para nós, do PSOL, transporte público é um direito, e não um artefato de onde se possa espremer lucro. Isso é uma questão de princípio e evidencia, desde já, a nossa radical discordância com o atual modelo de transporte público de Santa Maria, serviço explorado por uma série de empresários que enriquecem às nossas custas.

Mas para além do que acreditamos e defendemos, é importante falar também do próprio discurso desses empresários – compadres íntimos da prefeitura. Discurso que, mesmo dentro da lógica deles, não se sustenta. Pra isso basta olhar para o cotidiano, para a realidade. Hoje, por exemplo, vivemos mais um aumento na tarifa, mas a mesma falta de qualidade.

Há quase 6 anos o PMDB de Schirmer serve aos interesses desse empresariado, aumentando cada vez mais o custo para que possamos acessar nossos empregos, locais de estudo e de cultura. R$ 3,30 é o novo valor. Comparável apenas ao de grandes capitais brasileiras, nas quais o deslocamento é muito maior. São mais 80 centavos por dia nas costas de quem precisa do transporte por pelo menos duas vezes. Uma verdadeira afronta, ainda mais em um período de crise e de alta inflação. Isso só demonstra o que já sabíamos há muito tempo: a gestão do PMDB serve aos ricos e entrega a conta pra nós.

No caso do transporte público, o argumento é sempre o mesmo: “o aumento da tarifa é necessário para subsdiar as melhoras no serviço”. Ou seja, nós pagamos mas receberemos em troca. E nessa conversa fiada, sucessíveis aumentos são feitos e a tão prometida melhora no serviço nunca chega. Quem pega ônibus sabe: convivemos com uma frota que ainda possui muitos veículos velhos, com problemas, sem segurança e sem conforto, além da escassez de horários – problema que se intensifica no período da noite.

Não bastasse tudo isso, nos choca a mais recente encenação de Schirmer, na concessão do novo aumento. Puramente calculista, afirmou que iria barrar, aparentemente contrariando os empresários, mas com o único objetivo de deixar debate esfriar. Na prática o que realmente aconteceu? Mais um reajuste foi aprovado sem nenhum diálogo com a população. Os únicos diálogos são aqueles que acontecem dentro de gabinetes entre engravatados que não representam e não sentem na pele as nossas necessidades. Sequer usam o transporte público – a não ser em época de campanha, pra fazer uma ceninha. A única necessidade que eles atendem são as suas próprias necessidades.

Nós do PSOL, como sempre, estaremos nas ruas, junto a outros movimentos dispostos a barrar essa medida antidemocrática e cruel para a população. Exigimos a auditoria isenta dos dados e das informações apresentadas pelas empresas. Até o momento, nem Prefeitura, nem empresários, manifestaram-se quanto ao pedido por auditoria e debate sobre as planilhas, o que não nos permite descobrir as reais dimensões do custo de funcionamento da frota e o montante dos lucros logrados pelos donos das empresas. Apenas o que se tem são dados intencionalmente desencontrados e confusos, mas que nos mostram que é praticamente impossível o custo estar nesse patamar. Nós, achamos no mínimo suspeito que os donos das empresas fujam, com tamanha eficiência, de uma prestação de contas. O que, afinal, vocês temem? O que escondem? Que alianças estão em jogo?

Além de estarmos presentes nas ruas, adiantamos desde já: procuraremos os meios legais para barrar essa medida. O PSOL em Porto Alegre já mostrou ser possível aliar a combatividade das ruas à institucionalidade, e conseguiu importantes vitórias! E nós, em Santa Maria, também vamos à luta, com todas as armas que estiverem ao nosso alcance!”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo