Artigos

A energia que contagia – por Luciana Manica

Não tem como sermos totalmente apáticos com as Olimpíadas. Em verdade, o povo brasileiro, diferentemente do Comitê Olímpico Internacional (COI), conseguiu transcender e materializar o verdadeiro espírito olímpico.

Já o COI parece continuar na busca incessante do “faz me rir”, atento para reprimir o marketing de emboscada e qualquer possibilidade de perda de lucro. Agora, até um membro irlandês do Comitê Executivo acabou por ser preso por facilitação ao cambismo!

Enquanto isso, os brasileiros foram acusados por vaiar competidor de outra delegação. Que crime brutal! Realmente a vaia durante a premiação não é bacana, mas a manifestação em jogos que permitem o calor humano é reação, é energia, é vibração para o time, para o atleta.

As manifestações refletem a cultura brasileira potencializada, é um caldeirão de uma animação que não se mede, que extrapola, que contagia. Em nome do povo brasileiro, peço perdão se nos exacerbamos, parece que em algum momento sim! Mas no espírito olímpico há de ter um espaço para gritar e torcer pelos nossos e que assim façamos!

Destaco que não raras vezes ouvi manifestações de integrantes de outras delegações elogiarem a torcida brasileira, seja o time de handebol feminino da Angola ou o tenista Djokovic, quem desempenha um esporte no qual o silêncio é exigido. Até respeitamos o pedido de silêncio do homem mais rápido do mundo – Usain Bolt.

Certamente todos os atletas já são vencedores ao chegar lá, não pode alguém se sentir diminuído. Aliás, nem precisa atingir um perfeccionismo tão grande. Um profissional do esporte já desenvolve um trabalho admirável, pois é sinônimo de superação.

Talvez seja por isso que nos identificamos. Não estamos nos melhores momentos na economia, da segurança, da educação e da saúde brasileiras, mas gritamos Brasil, vestimos a camiseta, encantamos e fomos encantados pelo desempenho das inúmeras delegações, porque acreditamos!

Acreditamos que somos capazes de inventar, de vencer, de nos destacar, de inovar, de surpreender. Quem diria que estaríamos aqui, sendo aclamados pela bela e inigualável abertura dos jogos e ao mesmo tempo reprimidos pelo crime da vaia?!

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo