Destaque

EXTRA. Descalabro na Segurança Pública derruba Secretário Jacini. Sartori contitui “Gabinete de Crise”

jaciniDo site do jornal CORREIO DO POVO, com foto de Arquivo

O secretário da Segurança Pública, Wantuir Jacini, pediu exoneração do cargo na noite desta quinta-feira. A informação foi confirmada pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul em nota oficial. De acordo com o comunicado, o governador José Ivo Sartori “acabou de constituir um Gabinete de Crise, que será coordenado pelo vice-governador José Paulo Cairoli“. Enquanto não for nomeado o novo secretário, esse Gabinete responderá pela área.

A decisão foi decretada após o marcante caso de latrocínio da mãe de um aluno do Colégio Dom Bosco, em frente à instituição de ensino. Segundo a nota, “a equipe do governo do Estado se solidariza com os familiares das vítimas da criminalidade, especialmente de Cristine Fonseca Fagundes, assassinada violentamente nesta quinta-feira”.

Uma reunião foi marcada  as 8h desta sexta-feira no Palácio Piratini. No encontro, serão tratadas “novas providências e ações na área” e Sartori deverá se pronunciar na imprensa.

Sobre a saída de Jacini, o Piratini fez uma despedida elogiosa formal. “O governador agradece ao secretário Jacini pelos serviços prestados, por quem nutre alto apreço pessoal por suas virtudes profissionais e morais.”

A exoneração do cargo ocorreu no pico de uma semana marcada pela violência na região Metropolitana de Porto Alegre. Nos últimos dias, o assassinato de uma médica na avenida Sertório, um triplo homicídio em Alvorada, a execução de um homem na porta do Hospital São Lucas da PUC e, nesta quinta, o latrocínio de uma mulher que havia ido buscar seu filho em um colégio particular geraram bastante repercussão. Índices de criminalidade, como latrocínio e homicídio doloso, também registraram alta na gestão Sartori.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Artigos relacionados

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo