Câmara de VereadoresPolíticaPrefeitura

ORÇAMENTO. Pozzobom não desistiu da ideia. Quer R$ 3,45 milhões originalmente destinados à Câmara

Vereadores da atual legislatura deverão avaliar, quando ele ocorrer, o pedido oficial do prefeito para abrir mão de parte do orçamento

Por JOYCE NORONHA (texto) e GABRIEL HAESBAERT (foto), no jornal A Razão

Ele ainda não tinha assumido como prefeito quando fez o pedido à Câmara de Vereadores, mas lá em dezembro Jorge Pozzobom (PSDB) conversou com os vereadores, da legislatura anterior sobre o desejo de diminuir o repasse da Prefeitura para a Casa. A Lei Orçamentária Anual (LOA) prevê que 6% da receita para o ano em exercício sejam repassados para o Legislativo, que neste ano é equivalente a R$ 22,443 milhões. Contudo, a sugestão que o prefeito fez para os parlamentares é reduzir o repasse para 5%, o que resultaria em R$ 3,45 milhões a mais para a Prefeitura.

Entretanto, o atual presidente da Casa, Admar Pozzobom (PSDB), informou ao Jornal A Razão que o pedido de Jorge ainda é informal. “Ele esteve aqui no ano passado e conversou com os vereadores daquela legislatura. Agora eu aguardo um documento oficial da Prefeitura com o pedido. Quando eu receber esta solicitação oficialmente, vou convocar os parlamentares para uma reunião”, adianta Admar.

O presidente da Câmara ainda pontuou que há possibilidade do pedido ser acatado pela Casa. Admar ainda destaca que esse tipo de solicitação não precisa ser aprovado em plenário, mas é preciso uma reunião com a maioria dos vereadores presentes para aceitar o pedido do chefe do Executivo.

O PLANO DO PREFEITO

Jorge Pozzobom diz que não esqueceu a ideia, mas vai aguardar um pouco para oficializar o pedido à Câmara de vereadores. “A minha intenção é procurar a nova Mesa Diretora após o início do ano legislativo. Sempre respeitando a independência dos poderes. Até lá, teremos um levantamento financeiro detalhado feito pelo Núcleo de Gestão Estratégica de Avaliação e Qualificação da Despesa Pública”, avalia o prefeito.

No ano passado, Pozzobom disse que o recurso (montante do 1% que ele pede para não ser repassado para a Casa) será investido na área da Saúde.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo