Claudemir PereiraPolíticaVideonota

VÍDEONOTA. Diniz e Admar e uma sugestão: faria bem papearem com Jorge, Tubias, Rosa e até Galvão

Quando Admar Pozzobom e Daniel Diniz, e vice-versa, nos seus entreveros na Câmara de Vereadores, falam em CPI disso ou daquilo, quebra de decoro e outros quetais, o editor não consegue deixar de lembrar (e recorrer ao arquivo, também) de três legislaturas atrás.

Sim, talvez fosse conveniente a Admar e Daniel darem uma papeada com Cláudio Rosa, Tubias Calil e Jorge Pozzobom, os oposicionistas de então e que, pooor favor, no popular, “enchiam o saco” do governo da época. E também talvez devessem conversar com Vilmar Galvão, que por certo está arrependido (aliás, isso aconteceu há um tempão), que até um bofete… bem.. confira você mesmo o noticiário da época.

Então, vamos fazer o seguinte: além de papearem com aqules vereadores, que tal voltarem ao que interessa. Isto é, tratar de política.

Esse é o tema da VÍDEONOTA desta semana. Confira o comentário, em áudio e vídeo, CLICANDO AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo