CIDADE. Recursos da Travessia Urbana garantidos. Pelo menos neste ano. Em 60 dias se saberá de 2018

CIDADE. Recursos da Travessia Urbana garantidos. Pelo menos neste ano. Em 60 dias se saberá de 2018 - travessia

Ao todo, o trecho que será duplicado compreende 14,7 quilômetros e tem várias obras de arte, entre elas viadutos como o do Castelinho

Por MAIQUEL ROSAURO, com foto de Arquivo, da Equipe do Site

Pelo menos no decorrer de 2017, a obra da Travessia Urbana está garantida em Santa Maria. A informação foi divulgada na noite de terça-feira (16) após agenda entre prefeitos gaúchos e o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Valter Casimiro Silveira. O encontro foi articulado pelo deputado federal Jerônimo Goergen (PP).

No encontro, Silveira afirmou que está em estudo dentro do governo Federal a revisão do corte orçamentário para o Ministério dos Transportes. O descontingenciamento beneficiaria obras em importantes rodovias gaúchas, como as BRs 116, 158, 285 e a Travessia Urbana de Santa Maria, que manteriam seus respectivos cronogramas de pagamentos para a realização dos projetos.

A previsão é de que o estudo seja finalizado em até 60 dias. De acordo com o deputado, paralisar um projeto representaria um custo mais elevado do que manter o investimento.

“A execução dos R$ 59 milhões da BR-116, previstos para este ano, está confirmada. Nós tivemos também a confirmação da regularização da sequência da obra da Travessia Urbana de Santa Maria, bem como a conservação das BRs 158 e 285, que seguem num fluxo normal”, destacou o parlamentar.

A Travessia Urbana tem orçamento previsto para 2017 de R$ 70 milhões. O prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom (PSDB), participou da agenda no DNIT.



2 comentários

  1. Jorge

    É bizarro como funciona esse país. Começam uma obra em que a sua execução dura anos, mas todo ano alguém tem de beijar a mão de alguém para garantir a continuidade dela solicitando verbas aos poucos. A crise obviamente poderia atrasar os repasses financeiros, mas não é essa a situação em questão. Todo ano é uma novela para conseguir liberar verbas, mesmo sem crise. Até parece que uma obra já iniciada e centenas de milhões investidos nela pode se dar ao luxo de não ser finalizada e ficar tudo por aí mesmo.

  2. O Brando

    Pessoal anda otimista. Mesmo que sai definição daqui 60 dias não se sabe se a verba vai mesmo ser liberada ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *