CinemaCultura

É CINEMA. Bianca Zasso e a revisita dos irmãos Coen a um superclássico do western: “Bravura Indômita”

“…Diferente da versão original, lançada em 1969 e dirigida por Henry Hathaway, o Bravura Indômita dos irmãos Coen, apesar de ser focado na figura do xerife Cogburn, é uma escada para o talento da jovem Hailee Seinfield, que segura as pontas em cenas que, na mão de outras atrizes, poderiam beirar a pieguice.

Para os que ainda duvidam que uma atriz de apenas 14 anos possa ter tanta segurança numa trama heróica como Bravura Indômita, basta uma breve olhada na versão…”

CLIQUE AQUI para ler a íntegra das “Bravura revisitada”, de Bianca Zasso. Nascida em 1987, em Santa Maria, Bianca é jornalista e especialista em cinema pelo Centro Universitário Franciscano (UNIFRA). Cinéfila desde a infância, começou a atuar na pesquisa em 2009.  Suas opiniões e críticas exclusivas estão disponíveis todas as quintas-feiras.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo