Destaque

INTERIOR. Sem ponte, produtor rural realiza uma “operação de guerra” para atravessar o Arroio Lobato

Caminhão carregado de leite é puxado por um trator enquanto retroescavadeira escora o veículo para impedir que o veículo seja levado pela correnteza. Travessia foi registrada na tarde desse sábado, dia 27, no interior de Santa Maria (foto Reprodução/Feicebuqui)

Por MAIQUEL ROSAURO, da Equipe do Site

Um vídeo impressionante que mostra um caminhão atravessando por dentro de um rio no interior de Santa Maria vem gerando grande repercussão no Facebook. Na postagem é possível visualizar o veículo de carga puxado por um trator enquanto uma retroescavadeira serve de escora para vencer a correnteza.

A publicação foi feita pelo produtor rural Júlio César Correa Carvalho, que fez a filmagem no localidade de Arroio Lobato, no distrito de Arroio Grande. Na descrição do vídeo, ele relata a “operação de guerra” para não perder a produção de leite.

“Para não perdermos mais uma carga de leite e também para não prejudicar os pequenos produtores de leite que nos vendem sua produção, hoje pagamos do próprio bolso uma máquina para dar passagem ao nosso pequeno caminhão que coleta o leite. Ainda não sabemos qual será o tamanho da conta da oficina na segunda-feira, assistam nossa operação de guerra no interior de Santa Maria para continuarmos trabalhando, gerando impostos e empregos”, descreveu Carvalho.

Até as 22h36min desse sábado, o vídeo já obteve mais de 3 mil visualizações e 60 compartilhamentos. Ao responder um dos comentários de seus amigos no Facebook, Carvalho contou que duas pontes de madeira do distrito cederam, em outubro do ano passado, devido às chuvas e falta de manutenção.

“Aliás a zona rural de Santa Maria é uma das poucas onde as pontes ainda são de madeira”, ressaltou o produtor.

CLIQUE AQUI para acessar o perfil do produtor no Facebook e visualizar o vídeo.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo