EducaçãoTrabalhoUFSM

TRABALHO. Cumprindo prazo da Justiça, UFSM faz cadastramento das digitais para o ‘ponto biométrico’

O ponto biométrico dará mais agilidade e segurança ao servidor no momento do registro da frequência. É a explicação  da UFSM

Por MIRIAN REDIN DE QUADROS, da Assessoria de Imprensa do Gabinete do Reitor

A UFSM está realizando o processo de cadastramento de digitais de servidores Técnico-Administrativos em Educação (TAEs) para a implantação do controle eletrônico de frequência por meio de sistema de identificação biométrica. A captura das digitais já teve início no Hospital Universitário (HUSM) e, a partir desta segunda-feira (17), ocorre para servidores com exercício na Reitoria. Em seguida, o processo será estendido para as demais unidades universitárias.

A pró-reitora de Gestão de Pessoas, Neiva Maria Cantarelli, explica que, neste momento, não haverá mudanças nas regras de controle de frequência, apenas no modo de registro. “O ponto biométrico dará mais agilidade ao servidor no momento do seu registro de frequência, além de garantir maior segurança tanto ao técnico quanto à instituição”, observa Neiva.

O cadastramento biométrico dos TAEs lotados no prédio da Reitoria está sendo realizado na sala 430, no 4º andar do prédio da Administração Central. Para fazer o cadastramento é necessário que o servidor apresente documento oficial com foto. A previsão é de que até a semana que vem todos os servidores da Reitoria sejam cadastrados, atendendo, assim, ao prazo determinado pela Justiça. Após isso, a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep) entrará em contato com as demais unidades e subunidades universitárias informando os dias e horários para a realização do cadastro biométrico.

No HUSM, o registro biométrico já está em funcionamento desde 2015. Os servidores desta unidade, no entanto, precisam fazer o recadastramento no novo sistema, que foi desenvolvido pelo Centro de Processamento de Dados (CPD) da UFSM. Este recadastramento está sendo realizado nas dependências do Hospital.

A Progep informa que durante o processo de cadastramento dos técnico-administrativos haverá um período de transição entre as modalidades de registro, em que será permitido o registro de frequência tanto por meio de login e senha, quanto da leitura das digitais. O registro biométrico será feito em totens e equipamentos de leitura biométrica específicos. Dois deles já foram instalados no Hall de entrada do prédio da Reitoria. Os demais serão instalados em outros pontos da Universidade, na medida em que o processo de cadastramento avançar.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo