ARTE. Entre em Santa Maria de antanho, através de maquetes que retratam 11 locais históricos da cidade

ARTE. Entre em Santa Maria de antanho, através de maquetes que retratam 11 locais históricos da cidade - prefeitura-maquete

Exposição de maquetes, que vai até o dia 31, retrata a riqueza arquitetônica dos prédios históricos. Um dos locais mostrados é a Vila Belga

Por ANA BITTENCOURT (texto) e DEISE FACHIN (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

Olhos e ouvidos atentos para uma viagem no tempo até a Santa Maria dos anos 60. Assim foi a tarde de aproximadamente 30 crianças, alunas do 4º ano do Colégio Fátima. Os meninos e meninas foram os primeiros visitantes da exposição “Maquetes de Prédios Históricos de Santa Maria”, inaugurada na tarde desta quinta-feira (10), no Arquivo Histórico de Santa Maria. A mostra apresenta 11 maquetes iluminadas que retratam fielmente alguns dos prédios históricos do Município, como a Vila Belga, a Câmara de Vereadores e o Theatro Treze de Maio.

Mas a visita à exposição não foi a única atividade extraclasse do dia. As crianças também participaram da “Conversa com o artista”, oportunidade em que puderam saciar a curiosidade diretamente com o autor das maquetes, o técnico em desenho arquitetônico José Adair Fumagalli. Durante uma hora e meia o grupo perguntou sobre o trabalho do artista, sobre o processo de produção das obras e principalmente, sobre a história dos prédios reproduzidos por ele. Fumagalli se dedica à arte das maquetes há 20 anos.

“As maquetes são meu hobby. O que chama a atenção das pessoas são os detalhes reproduzidos nas peças, como os carros de época estacionados nas ruas da Vila Belga e as cadeiras, também de época, dispostas no Salão Nobre da SUCV”, explica Fumagalli.

O gosto pela atividade foi tanto que as crianças formaram fila e pediram autógrafos. As colegas Eduarda Lameira e Ana Luiza Palma, ambas de 9 anos, fizeram questão de conversar de perto com Fumagalli.

“A gente já conhece todos esses prédios aqui, mas nas maquetes eles estão mais bonitos porque dá pra ver como eles eram antes. E o mais legal é que dá pra enxergar até dentro deles!”, surpreendeu-se Eduarda.

As peças da exposi​​​​​​ção têm em média 50 cm de altura e são produzidas basicamente com madeira e papel especial para maquetes. Os detalhes como bonecos, carros e luminárias são adquiridos pela internet. De acordo com Fumagalli, cada peça leva em torno de seis meses para ser finalizadas. Em 2012, os trabalhos do artista já estiveram expostos na SUCV, na Feisma e em Gramado.

A secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Marta Zanella, e a responsável pelo Arquivo Histórico, arquivista Daniele Calil, prestigiaram a abertura da mostra e se surpreenderam com a qualidade do trabalho do maquetista.

A exposição “Maquetes de Prédios Históricos de Santa Maria” pode ser visitada até dia 31 de agosto, no Arquivo Histórico de Santa Maria (Rua Appel, nº 900, Centro Integrado de Cultura Evandro Behr), de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h e das 13h às 16h30min. Mais informações a agendamento de escolas e grupos podem ser feitos pelo telefone (55) 3222-8300.

SERVIÇO:

O QUÊ: “Maquetes de Prédios Históricos de Santa Maria”, de José Adair Fumagalli. As peças iluminadas retratam fielmente alguns dos prédios históricos de Santa Maria, como a Vila Belga, as ruínas da Soteia, o Clube Caixeral, a Câmara de Vereadores, o Theatro Treze de Maio, a Estação Ferroviária, a Catedral Metropolitana, entre outros exemplares do patrimônio da cidade.

QUANDO: De 10 a 31 de agosto, de segunda a sexta-feira

HORÁRIO: Das 7h30 às 12h e das 13h às 16h30min

ONDE: Arquivo Histórico de Santa Maria, na Rua Appel, nº 900, no Centro Integrado de Cultura Evandro Behr, Bairro Fátima

PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO: Prefeitura Municipal de Santa Maria / Secretaria de Município de Cultura, Esporte e Lazer / Arquivo Histórico Municipal de Santa Maria / Associação dos Amigos do Arquivo Histórico Municipal de Santa Maria (AMARQHIST)

ENTRADA FRANCA

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *