LUNETA ELETRÔNICA. Os bastidores de uma convenção que não será esquecida tão cedo

LUNETA ELETRÔNICA. Os bastidores de uma convenção que não será esquecida tão cedo

LUNETA ELETRÔNICA. Os bastidores de uma convenção que não será esquecida tão cedo - A-22

Nova executiva do PMDB de Santa Maria. Convenção municipal ocorreu sábado (26), na Câmara. Foto Maiquel Rosauro

Por Maiquel Rosauro

* Uma aula de civilidade. Assim pode ser resumida a convenção municipal que o PMDB realizou sábado (26), na Câmara de Vereadores de Santa Maria. Havia dois grupos com posições divergentes, mas que se respeitaram do início ao fim do evento.

* Oficialmente, nenhuma crítica é assumida. Mas nos corredores e nas conversas em off com a imprensa, quase todos querem expressar o que pensam.

* Um graúdo líder da sigla não tem vergonha em assumir: no fundo, é tudo uma briga por cargos. E ele vai mais adiante: “em baile de cobra, sapo não dança”.

* Para o diretório da sigla, houve consenso. Mas para a executiva, a chapa de Magali Marques da Rocha, venceu a de Valmor Franciscato por 24 votos a 21. Curiosamente, aliados de Valmor confidenciaram ao site que, para a renovação do partido ocorrer de verdade, Magali era a melhor opção.

LUNETA ELETRÔNICA. Os bastidores de uma convenção que não será esquecida tão cedo - B-9

Peemedebistas bem que tentaram chegar a um consenso sobre a nova executivo. Mas, no final, tiveram que votar. Foto Maiquel Rosauro

* O entendimento é o seguinte: mesmo Valmor sendo jovem, o PMDB de Santa Maria continuaria nas mãos do mesmo cacique de sempre. Leia-se: Cezar Schirmer.

* Já os aliados de Magali não tinham vergonha em repetir em alto e bom som para quem quisesse ouvir: “Quem é Valmor?”.

* Magali assume o PMDB de Santa Maria no lugar de Cezar Gehm, que não vai deixar saudades. Os próprios apoiadores de Magali dizem que Gehm não convidou os filiados para a convenção e sequer trabalhou para articular o partido.

* Schirmer fez uma intensa campanha para Valmor, que perdeu. Porém, o secretário de Segurança Pública continua com sua imagem inabalada junto à massa do partido. Ao chegar à Câmara, os filiados rapidamente o procuravam. Alguns até traziam fotos antigas para mostrar ao ex-prefeito. Do mais humilde ao mais pomposo, Schirmer tratou todos da mesma forma e deu atenção a todo mundo que se aproximasse dele.

* Segundos após a contagem dos votos que decidiu a nova executiva, Magali subiu a tribuna e declarou que aquela eleição estava encerrada. “Agora somos todos PMDB”, concluiu. Para saber mais, clique AQUI.



1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *