Santa Maria

CRUELDADE. Cadela com as patas quebradas é encontrada dentro de saco em Santa Maria

Veterinária Marlene Nascimento adiou a eutanásia e espera por um milagre para recuperar, pelo menos, duas patinhas. Foto Divulgação

Por Maiquel Rosauro

Uma cadela foi encontrada dentro de um saco com as patas quebradas no início da noite de terça (12), no Bairro Chácara das Flores, em Santa Maria. Ela foi resgatada pelos Bombeiros e encaminhada para o Hospital Veterinário da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Seu estado de saúde é grave.

Conforme a médica veterinária Marlene Nascimento, foi constatado que seria necessário amputar três patas ou optar por uma eutanásia.

“Como é praticamente impossível manter um cão com apenas três patas, desisti de mandar fazer a amputação, adiei a eutanásia, e estou à espera do milagre de conseguir recuperar pelo menos duas patinhas para que ela possa voltar a andar”, afirmou a profissional em publicação no Facebook.

Acredita-se que a cadela estava amamentando, pois as mamas estavam cheias de leite. Contudo, não há informações a respeito dos prováveis filhotes.

Marlene batizou a cadela de Linda e, indignada com a crueldade, postou um desabafo em seu perfil na rede social. Confira:

Linda, mais uma vítima da crueldade humana – por Marlene Nascimento
Linda foi socorrida pelos Bombeiros, e pela Guarda Municipal, ela foi jogada fora dentro de um saco, e os gritos dela chamaram a atenção de uma senhora que prontamente tomou uma atitude e pediu ajuda. Ela foi levada na UFSM por uma amiga, para confirmar o diagnóstico que eu já tinha suspeitado, o caso dela seria de amputação das três patas ou eutanásia. Como é praticamente impossível manter um cão com apenas três patas, desisti de mandar fazer a amputação, adiei a eutanásia, e estou à espera do milagre de conseguir recuperar pelo menos duas patinhas para que ela possa voltar a andar.

O caso é seríssimo, está sem irrigação nas patinhas, pois foram dilaceradas, foi uma decisão difícil, mas não consigo não ter esperanças, e quero tentar. Se a eutanásia for feita, pelo menos ela vai receber muito amor e saber que nem todos os seres humanos são cruéis como aquele a que abandonou para morrer em sofrimento. Batizei ela de Linda porque quero que daqui para a frente a vida dela seja uma linda vida e cheia de amor.

Coloquei a foto dela como chegou, e pedi um segundo diagnóstico para que não aconteça como o caso do cão que foi queimado e que morreu na mesma noite que chegou e algumas pessoas insinuaram que fiz eutanásia optando pelo menor esforço, coisa que não é de minha índole.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Peço a Deus que permita que seus anjos possam operar um milagre nesse serzinho indefeso, Linda estou orando por vc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo