Santa Maria

INDEPENDÊNCIA. Mais de 25 mil pessoas prestigiam desfile cívico na Avenida Medianeira, em Santa Maria

Cerca de 60 instituições de Santa Maria marcaram presença no tradicional desfile cívico. Foto João Alves / Prefeitura de Santa Maria

Por Mariana Fontana / Prefeitura de Santa Maria

Amor à Pátria e culto aos valores cívicos. Foi para exaltar esses sentimentos que mais de 25 mil pessoas compareceram, na manhã desta quinta-feira (7), à Avenida Medianeira, em Santa Maria, para prestigiar o Desfile Cívico de 7 de Setembro. De ponta a ponta da avenida, crianças, adultos e idosos reservaram a manhã para acompanhar as atividades alusivas aos 195 anos de Independência do Brasil.

Autoridades civis e militares também prestigiaram o desfile, que contou com a representação de mais de 60 instituições, entre escolas municipais, estaduais e particulares, pelotões do Exército, da Aeronáutica e da Brigada Militar, além de entidades civis, assistenciais, empresariais, tradicionalistas, de classe e grupos dos mais diversos segmentos do Município. Com a execução do Hino Nacional Brasileiro e com o hasteamento das bandeiras, foi dado início à comemoração, que contou ainda com a chegada do Fogo Simbólico, transportado do 29º Batalhão de Infantaria Blindado (29º BIB) por atletas de guarnições militares e da Guarda Municipal.

As principais autoridades do Município, entre eles o prefeito Jorge Pozzobom, o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Maria, Admar Pozzobom e o comandante da 3ª Divisão de Exército (3ª DE), general de Divisão Marcos Antonio Amaro dos Santos, acompanharam, do Palanque Oficial, a passagem das instituições, que apresentaram na avenida seus projetos e as principais atividades que desenvolvem. O desfile teve início com a apresentação da Banda Marcial do Colégio Manoel Ribas. Após, foi a vez da Comissão Executiva da Semana da Pátria e das entidades homenageadas desfilarem pela avenida, seguidos das entidades militares.

Na passagem das escolas municipais, o prefeito Jorge Pozzobom e a secretária de Educação do Município, Lúcia Madruga, desceram do palanque e prestigiaram, com aplausos e cumprimentos, a passagem dos alunos, professores e demais servidores de cada uma das oito escolas da Rede Municipal e três conveniadas que desfilaram. Aproximadamente mil alunos representaram o Município na Avenida Medianeira.

“Esse é, com toda a certeza, um dos maiores desfiles da história de Santa Maria. Para nós, há um significado ainda mais especial: mais de mil alunos do Município estão aqui, saudando a Pátria, especialmente a nossa Pátria, que é Santa Maria. Temos que agradecer a cada pessoa que veio até aqui fazer a sua demonstração de patriotismo na nossa Avenida Medianeira”, enfatizou o prefeito Jorge Pozzobom.

O Executivo Municipal, além das escolas e projetos desenvolvidos, também foi representado por um pelotão especial, que contou com a presença das secretárias de Mobilidade Urbana e Cultura, Esporte e Lazer, Sandra Rebelato e Marta Zanella, respectivamente, além de servidores de diferentes secretarias municipais.

“Nós ficamos muito felizes que a população atendeu ao nosso chamado e compareceu aqui na Avenida. Sem dúvidas, é um grande desfile, em que temos a participação efetiva das nossas escolas e em que demonstramos o nosso patriotismo”, destacou o chefe da Casa Civil, Guilherme Cortez, que integrou a Comissão Executiva da Semana da Pátria.

Conforme o comandante da 3ª Divisão de Exército (3ªDE), general de Divisão Marcos Antonio Amaro dos Santos, a data de 7 de Setembro é, para todos os brasileiros, especialmente para os militares, a oportunidade de demonstrar o patriotismo e o civismo.

“Essa é a data máxima da nossa nacionalidade. É uma oportunidade magnífica de mostrarmos o nosso amor à Pátria. É, sem dúvidas, uma data importante para todos nós”, ressaltou.

Para prestigiar a pátria e a família
Enquanto pela Avenida Medianeira desfilaram militares, civis, alunos uniformizados, caracterizados com fantasias, bandas marciais e de percussão, carros de combate, viatura, motocicletas e veículos antigos, na lateral da via quem ganhou destaque foram as famílias. Com celulares na mão, o público não deixou de registrar os mais diversos momentos do desfile, do hasteamento da bandeira à passagem da tropa. Com cuia para o chimarrão e cadeiras, muita gente chegou antes das 8h na avenida, para acompanhar a comemoração.

Além de muitos santa-marienses, teve também quem veio de cidades vizinhas para ver o desfile. É o caso da aposentada Zilda Soares Rodrigues. Com 83 anos, ela fez questão de sair de Júlio de Castilhos para acompanhar a solenidade. Com mais sete pessoas da família (algumas que vieram também de Nova Palma), posicionou a cadeira ao lado do Palanque Oficial e dali acompanhou o desfile e prestigiou a passagem de três familiares, que representaram a Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) João Franciscatto, o Colégio Tiradentes e o Seminário São José.

“Faz mais de 20 anos que eu acompanho o desfile. Gosto muito de vir participar. É algo bonito, diferente”, contou ela.

A dona de casa Cristina Ventura, 34 anos, e o marido, Márcio de Oliveira, 39, levaram o filho João Pedro, oito anos, até a Avenida para ver a passagem da prima, que desfilou pelo Colégio Militar. Segundo Cristina, que é filha de militar, acompanhar o desfile já é rotina para a família.

“Sempre acompanhei os desfiles, por ser filha de militar, e gosto muito de prestigiar. Viemos, principalmente, para mostrar para ele (o filho) os valores da Pátria”, ressaltou.

Encerramento
Após a passagem de todas as entidades, o prefeito Jorge Pozzobom e o comandante da 3ª Divisão de Exército (3ªDE), general de Divisão Marcos Antonio Amaro dos Santos, fizeram o encerramento da Semana da Pátria, com a extinção do Fogo Simbólico.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo