Política

LUNETA ELETRÔNICA. Sedufsm, irmãos Pozzobom, Geraldo Alckmin, Cechin em SP, Deili e Tiago Aires

Por Maiquel Rosauro

* A Sedufsm está convocando professores para uma assembleia geral na terça (5), a partir das 9h30min, no Auditório Sérgio Pires (prédio 17, campus de Camobi). O principal item da pauta é a deliberação sobre uma paralisação de 24h, em 14 de setembro.

* A paralisação foi orientada pela reunião do Setor das Federais do ANDES-SN e se refere a 14 de setembro como ‘Dia Nacional de Lutas em defesa dos serviços públicos e contra a Reforma da Previdência’, em articulação com demais trabalhadores da educação, servidores públicos e trabalhadores do setor privado.

* O presidente da Câmara de Vereadores, Admar Pozzobom (PSDB), vai atacar de comentarista esportivo, neste sábado (2), às 15h, pela Rádio Medianeira AM 1.130. Ele participará da transmissão da final do futebol veterano, categoria 50 anos, entre Associação Fighera e Xavantes.

* A atuação política de Admar sempre esteve ligada ao esporte, não se restringindo apenas ao futebol. Ele é o autor, por exemplo, do projeto de lei que incluiu o torneio de pôquer “Cidade de Santa Maria” no Calendário Oficial do Município.

* Já o irmão de Admar, o prefeito Jorge Pozzobom (PSDB), visitou a Expointer na sexta (2). Ele esteve acompanhado do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).

* “Ele (Alckmin) é nosso pré-candidato a presidente da República”, disse Pozzobom em seu perfil no Facebook.

Vice-prefeito Sérgio Cechin em reunião em São Paulo. Foto Divulgação

* O vice-prefeito, Sérgio Cechin (PP), esteve em São Paulo na sexta, onde se reuniu com a secretária municipal de Trabalho e Empreendedorismo da cidade paulista, Aline Cardoso, para conhecer o programa Empreenda Fácil.

* Conforme Cechin, o programa paulista é semelhante ao Poupa Tempo, que será implantado em breve em Santa Maria, pois elimina a burocracia através da emissão rápida e segura de alvará para a abertura de novas empresas.

* A vereadora Deili Silva (PTB), protocolou nessa sexta (1º), na Câmara, o Projeto de Lei Ordinária nº 8554/2017. A proposta estabelece a possibilidade do agendamento telefônico de consultas para pacientes idosos e pessoas com deficiência.

* No processo encaminhado pela vereadora, fica assegurada a marcação de consultas agendadas por telefone, todos os dias, aos pacientes idosos e deficientes, obedecendo ao já estabelecido limite de 30% do total de vagas diárias na unidade.

* “O nosso intuito é garantir que esses pacientes tenham acesso eficaz ao sistema de saúde e coibir uma prática que tem sido alvo de reiteradas reclamações, no que diz respeito a unidades que restringem os dias para ligação da marcação”, afirma Deili.

* Tiago Aires (PCdoB) continua engajado em seu abaixo-assinado em favor da abertura do Hospital Regional 100% SUS. Na manhã de quinta (30) ele esteve em São Sepé e recolheu assinaturas de lideranças locais.

* Ele também perambulou pelo Sindicato dos Municipários de São Sepé, onde deixou um abaixo-assinado.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

3 Comentários

  1. Os funcionários públicos não querem a reforma da Previdência, mas querem receber salário em dia e aumentos.

    Que interessante essa incoerência.

    Funcionário público tem de se tocar que é funcionário público, não tem querer, nós pagamos a conta, e se não está contente, vá para a iniciativa privada. Encare a realidade. Nós, da sociedade que vivemos no mundo real, os da iniciativa privada e também os pobres e os desempregados é quem pagamos a conta, que está muito alta.

  2. Alckmin “não rola”. Já passou a época do sujeito. Tem o carisma de uma caixa de Alka-Seltzer. Até a Dilma, pelas últimas declarações, sabe disto.

  3. UFSM quer parar numa quinta para poder emendar a sexta-feira.
    Abaixo-assinado do Tiago Aires é mais inútil que buzina em avião. Para quem não ficou sabendo, o Gringo só depositou 300 pila para o funcionalismo esta semana. União teve frustração de receitas superior a 38 bilhões. Campanhas e similares são populismo, jogar para a torcida.
    Dra. Deili, querendo pegar carona na fila zero de Pozzobom e mostrando a costumeira competência, esqueceu de verificar se as unidades tem gente disponível para agendamento todos os dias. Esqueceu também de verificar se a maioria das consultas (independente de quotas) não é solicitada por idosos visto a faixa etária da população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo