Economia

TRABALHO. Confira as profissões que mais demitiram e mais contrataram, em Santa Maria, no mês de agosto

Por Maiquel Rosauro

Santa Maria terminou os oito primeiros meses de 2017 com o saldo positivo de 460 novas contratações formais. Conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), no total, foram 16.389 admissões e 15.929 desligamentos no município. No Rio Grande do Sul, entre janeiro e agosto, o saldo está no vermelho, com queda de -3.469. No país, mercado de trabalho está aquecido, com alta de 106.411 novas vagas preenchidas.

O resultado é excelente quando comparado com o mesmo período do ano passado, quando Santa Maria apresentava queda de -242 vagas. No Estado, entre janeiro e agosto de 2016, o Caged apontava saldo de -29.272, enquanto que no país era registrado -678.220.

Agosto também fechou as contas no azul em Santa Maria, com saldo positivo de 260 carteiras de trabalho assinadas. No Estado, saldo é novamente negativo, com -1.357 desligamentos. Em nível nacional, crescimento de 35.457 postos de trabalho no mês passado.

Em 2016, Santa Maria encerrou agosto com saldo positivo de 271 vagas. Contudo, o Estado apresentava -1.690 desligamentos e o país -33.953.

Abaixo, o site realizou um levantamento com o saldo das profissões que mais desligaram e mais contrataram, em Santa Maria, em agosto e também nos oito primeiros meses do ano. Confira:

Saldo de agosto em Santa Maria 
Mais demitiram: 
1º – Assistente administrativo (salário médio: R$ 1.075,30): -30
2º – Escriturário de banco (não informado): -12
3º – Repositor de mercadorias (R$ 1.047,83): -9
4º – Frentista (R$ 1.230,00): -9
5º – Pedreiro (R$ 1.512,25): -7
– Motorista de ônibus urbano (R$ 2.003,33): -7
– Motorista de caminhão – rotas regionais e internacionais (R$ 1.658,30): -7
8º – Pintor de obras (R$ 1.421,67): -7
9º – Ladrilheiro (R$ 1.417,00): -6
10º – Mecânico de manutenção de automóveis, motocicletas e veículos similares (R$ 1.409,00): -6

Mais contrataram: 
1º – Vendedor de comércio varejista (R$ 1.188,50): +39
2º – Assistente de vendas (R$ 1.096,41): +28
3º – Servente de obras (R$ 1.208,92): +25
4º – Faxineiro (R$ 1.007,03): +25
5º – Magarefe (R$ 1.287,65): +22
6º – Bilheteiro no serviço de diversões (R$ 875,00): +13
7º – Professor de Medicina (R$ 3.105,77): 13
8º – Auxiliar nos serviços de alimentação (R$ 1.137,91): 13
9º – Porteiro de edifícios (R$ 1.200,00): 13
10º – Atendente de lojas e mercados (R$ 1.059,50): 13

 

Saldo dos oito primeiros meses do ano em Santa Maria 
Mais demitiram: 
1º – Trabalhador de serviços de limpeza e conservação de áreas públicas (salário médio R$ 1.005,97): -71
2º – Pedreiro (R$ 1.470,16): -69
3º – Vigilante (R$ 1.245,70): -54
4º – Recepcionista, em geral (R$ 1.152,89): -47
5º – Assistente Administrativo (R$ 1.038,47): -42
6º – Escriturário de banco (R$ 2.134,00): -41
7º – Motorista de ônibus rodoviário (R$ 2.073,17): -39
8º – Gerente administrativo (R$ 2.766,84): -37
9º – Oleiro – fabricação de tijolos (R$     1.263,75): -23
10º – Mestre – construção civil (R$ 1.975,00): -22

Mais contrataram: 
1º – Auxiliar de escritório, em geral (salário médio R$  962,04): +159
2º – Faxineiro (R$ 1.062,89): +120
3º – Servente de obras (R$ 1.212,88): +95
4º – Embalador, a mão (R$ 870,27): +85
5º – Alimentador de linha de produção (R$ 1.142,71): +70
6º – Repositor de mercadorias (R$ 1.020,27): +45
7º – Operador de caixa (R$ 1.103,59): +40
8º – Magarefe (R$ 1.281,06): +39
9º – Assistente de vendas (R$ 1.176,64): +37
10º – Vigia (R$ 1.209,42): +37

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo