KISS. Prefeitura e AVTSM iniciam preparativos das homenagens pelos cinco anos da tragédia da boate

KISS. Prefeitura e AVTSM iniciam preparativos das homenagens pelos cinco anos da tragédia da boate - AVTSM-e-prefeito

Durante a reunião, grupo discutiu detalhes para os dois dias de atividades, no final de janeiro. Foto Deise Fachin

Por Ana Bittencourt / Prefeitura de Santa Maria

O Núcleo de Gestão Estratégica de Acolhimento, criado pela Prefeitura de Santa Maria em janeiro de 2017, para promover a aproximação entre o Poder Executivo e a Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), se reuniu, na tarde dessa quinta-feira (11), com o presidente da AVTSM, Sérgio da Silva, e com a 1ª secretária da entidade, Vanda Dacorso. O encontro, realizado no Centro Administrativo, tratou dos preparativos para as homenagens que serão realizadas nos dias 26 e 27 de janeiro, data esta que marca os cinco anos da tragédia.

A programação ainda está sendo construída em conjunto, pela Prefeitura, representada pelo prefeito, Jorge Pozzobom, pela secretária de Educação, Lucia Madruga, pela secretária de Saúde, Liliane Mello, e pela coordenadora da Política de Atenção Psicossocial, Claudia Melo.

“Para nós é muito importante esse envolvimento da Prefeitura em todas as questões referentes ao ocorrido na tragédia e tudo que se sucedeu depois disso. A nossa aproximação e apoio vêm desde o processo que desencadeou na desapropriação do prédio onde funcionava a boate, até a nova relação que se estabeleceu entre o Poder Executivo e a Associação: a não omissão”, enfatizou o prefeito Jorge Pozzobom.

O apoio do Poder Executivo está mantido em questões operacionais e de logística, para atendimento aos pais, amigos, familiares e sobreviventes que devem se reunir, no dia 26, na Rua dos Andradas, em frente ao local onde, em 27 de janeiro de 2013, aconteceu o incêndio que vitimou 242 pessoas e deixou mais de 600 feridos. Outras ações estão previstas para ocorrerem na Praça Saldanha Marinho e no Salão de Atos do Centro Universitário Franciscano (Unifra).

Até o momento, empresas e entidades estão prestando apoio, como a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), o Supermercado Carrefour e o Clube Comercial. Também já estão confirmadas a atuação das equipes do Acolhe Saúde, serviço de atenção psicossocial criado pela Prefeitura para o cuidado às pessoas afetadas pelo incêndio na Boate Kiss, também da Guarda Municipal e agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana, que vão garantir o fechamento do trânsito na Rua dos Andradas, na noite de sexta-feira (26), até a madrugada do sábado (27), enquanto forem realizadas as homenagens no local. A Secretaria de Saúde já definiu como prioridade a presença de ambulâncias e socorristas para atendimento aos pais e familiares. Ainda, serão instalados banheiros químicos e demais necessidades de infraestrutura em frente à boate.

Entre as ações previstas para a programação das homenagens está o lançamento, no dia 27 de janeiro. do concurso nacional de Arquitetura que vai definir o projeto responsável pela construção do Memorial às Vítimas da Tragédia.

“A nossa intenção é prestar homenagens às vítimas como sempre viemos fazendo até agora. Com a vigília, o culto ecumênico, e o respeito à memória dos nossos filhos”, afirmou o presidente da AVTSM, Sérgio da Silva.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *