PrefeituraSanta Maria

CIDADE. Prefeitura vai mapear 23,8 mil postes de iluminação pública em SM, nas zonas urbana e rural

Por ANA BITTENCOURT (texto) e JOÃO VILNEI (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

De motocicleta, dois cadastradores, munidos de aplicativo de ceular, vão verificar todos os postes localizados nos bairros e distritos

Com o objetivo de melhorar a qualidade da iluminação pública em Santa Maria, a Prefeitura e a RGE Sul iniciam, nesta semana, um mapeamento quantitativo e qualitativo de todos os postes localizados em ruas, avenidas, trevos, praças e parques do Município. Para realizar o serviço, dois funcionários do Grupo JVM – Soluções Inteligentes em Energia, com sede em Feira de Santana (BA), vão percorrer a cidade para vistoriar os cerca 23.800 postes da área urbana e rural.

Utilizando motocicletas e com o auxílio de um mapa com georreferenciamento, fornecido pelo Instituto de Planejamento (Iplan), os dois cadastradores identificados como técnicos da JVM utilizam um aplicativo de celular para alimentar o sistema com informações sobre o ponto de iluminação. Nesta vistoria são verificados itens como a localização do poste (endereço), o tipo de lâmpada, a potência, se ela está acesa ou apagada e, ainda, a coordenada geográfica do poste.

O trabalho será realizado nos turnos da manhã e tarde pelos cadastradores Everaldo Reis e Wagner Santos. A previsão para que o Grupo JVM conclua o serviço é de 60 a 90 dias. De acordo com o controlador geral do Município, Alexandre Lima, o mapeamento é custeado pela RGE, sem ônus para a Prefeitura. A Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos será responsável de dar suporte logístico para os cadastradores.

“É como um censo da iluminação pública do Município. Com estes dados em mãos, o Município poderá fazer o Plano Diretor de Iluminação Pública. A realização deste trabalho foi um pedido da Prefeitura à RGE, uma vez que a Eon Energia e Iluminação é responsável somente pela manutenção dos pontos. É importante que a população saiba deste trabalho e seja capaz de identificar os cadastradores que estarão percorrendo todas as regiões da Zona Urbana e Zona Rural”, explica Alexandre Lima.

O mapeamento realizado pelo Grupo JVM será analisado pela RGE e, posteriormente, a concessionária vai entregar um relatório completo para a Prefeitura. Com esse diagnóstico, será possível investir em melhorias e até mesmo reduzir despesas.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo