ELEIÇÕES 2018. Ao menos uma dezena de siglas do Estado ainda têm convenções para definir candidatos

ELEIÇÕES 2018. Ao menos uma dezena de siglas do Estado ainda têm convenções para definir candidatos

ELEIÇÕES 2018. Ao menos uma dezena de siglas do Estado ainda têm convenções para definir candidatos - correio-do-povo-convenções-urna-eletrônicaNo portal do CORREIO DO POVO, com imagem de Reprodução

O próximo final de semana, que corresponde aos dois últimos dias designados para convenções pela Justiça Eleitoral, irá concentrar o maior número de encontros partidários no país e também no Rio Grande do Sul. No Estado, serão cinco convenções apenas de siglas que terão candidatos próprios ao governo do Estado.

No sábado, a partir das 9h, o PP oficializa a candidatura do deputado federal Luiz Carlos Heinze ao governo do Estado e da senadora Ana Amélia Lemos (PP) na corrida pela reeleição. O ato político ocorre no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa. Neste mesmo dia, também pela manhã, o PCdoB marcou encontro para confirmar a candidatura da ex-secretária estadual do Turismo Abigail Pereira, no Hotel Embaixador, embora o partido ainda mantenha articulações reservadas sobre eventual aliança com o PT. À tarde, na sede do Cpers, o PSTU formaliza a candidatura de Júlio Flores.

No domingo, a partir das 8h30min, o MDB coloca oficialmente o governador José Ivo Sartori na corrida pela reeleição, tendo anunciado ontem publicamente a participação do deputado federal José Fogaça (MDB) como candidato ao Senado na chapa com o atual governador. Também no domingo, o PSDB oficializa a candidatura do ex-prefeito de Pelotas Eduardo Leite ao governo estadual. O ato ocorre a partir das 9h na Casa do Gaúcho no Parque da Harmonia, enquanto o PTB confirma o delegado Ranolfo Viera Júnior como vice do tucano, em convenção na Câmara de Vereadores de Porto Alegre.

Neste mesmo dia, o PT formaliza a candidatura do ex-ministro Miguel Rossetto para governador, oficializando também a candidatura do senador Paulo Paim (PT) para tentar reeleição. O encontro dos petistas ocorreria no final de semana passado, na Assembleia, mas foi cancelado. Por conta disso, a sigla busca ainda a definição de uma nova sede para sua convenção.

Outras legendas, que não terão concorrentes próprios ao Piratini, também formalizam seus apoios em atos políticos que ocorrem no próximo final de semana. É o caso do PRB e do PPS, que oficializam suas alianças com o PSDB, em convenções no sábado e no domingo, respectivamente. Ambos os encontros acontecem na Câmara de Vereadores da Capital. Já PTC, PSC, PMN e PRP formalizam seus apoios à candidatura do governador José Ivo Sartori (MDB) em ato conjunto na manhã de domingo.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *