CampanhaCongressoEleições 2018PesquisaPolítica

PESQUISA. Paim e Fogaça na frente para vagas ao Senado, afirma a Methodus. Beto e Heinze vem após

A Rede Bandeirantes no Rio Grande do Sul divulgou agora de manhã, em sua conta no Twitter (AQUI), o resultado da pesquisa que encomendou ao instituto Methodus. Que trará, também, ainda hoje, a tendência de voto para o Governo do Estado. Confira as notas da Band na rede social:

“Pesquisa Methodus/Band para disputa às duas vagas ao Senado pelo RS:

Paulo Paim (PT) – 30,10%

José Fogaça (MDB) – 26,27%

Beto Albuquerque (PSB) – 20%

Luis Carlos Heinze (PP) – 14,19%

Carmen Flores (PSL) – 10,69%

Abigail Pereira (PCdoB) – 8,91%

Sandra Weber (SOLIDARIEDADE) – 2,11%

Ana Varela (PODEMOS) – 1,78%

Mario Bernd (PPS) – 1,52%

Romer Guex (PSOL), Cleber Soares (PCB), Marli Schaule (PSTU), João Augusto (PSTU), Machado (DC) e Luiz Delvair (PCO) não atingiram 1% das intenções de voto.

Branco/Nulo 1º Voto – 13,53%

Não sabe 1º Voto – 18,94%

Branco/Nulo 2º Voto – 16,44%

Não sabe 2º Voto – 32,08%

Margem de erro: 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos

Nível de confiança: 95%

Foram ouvidas 1500 pessoas entre os dias 28/09 e 03/10. Pesquisa contratada pela Band e registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº: RS-08734/2018.

PRESIDÊNCIA

A Band RS também divulgou via Twitter o resultado da mesma pesquisa Methodus, só que para a Presidência da República, para os gaúchos. Os resultados, no Rio Grande do Sul, seriam esses:

Jair Bolsonaro (PSL) – 36,57%

Fernando Haddad (PT) – 19,47%

Ciro Gomes (PDT) – 9,57%

Geraldo Alckmin (PSDB) – 6,40%

João Amoêdo (NOVO) – 3,70%

Marina Silva (REDE) – 2,51%

Henrique Meirelles (MDB) – 2,38%

Alvaro Dias (PODEMOS) – 1,25%

Os candidatos Cabo Daciolo (PATRIOTA), Guilherme Boulos (PSOL), João Goulart Filho (PPL), Vera Lúcia (PSTU) e Eymael (DC) não atingiram 1% das intenções de voto.

Branco/Nulo – 9,31%

Não sabe – 7,06%

Margem de erro: 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos

Nível de confiança: 95%.”

EM TEMPO: A Rede Bandeirantes no Rio Grande do Sul anuncia que, no início da noite hoje, divulga o resultado da pesquisa Methodus para o Governo do Estado.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Pois é. Anos atrás iriam votar um salário mínimo mais alto. Não era interesse do Planalto. Determinado senador foi chamado por Dilma, a humilde e capaz. Votou pelo salário mínimo mais baixo. Grande ‘defensor dos aposentados’ foi para a tribuna, chorou e disse que seguia a orientação do partido.
    Na propaganda política deste ano, as emboscadas durante os comerciais do rádio, uma suposta eleitora, diz que vota na pessoa, que o partido não importa e que o referido senador é ficha limpa.
    Estes são os ‘super-éticos’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo