CIDADE. Galeria pluvial cede e bloqueia trânsito na Borges de Medeiros. E agora são 20 os desabrigados

CIDADE. Galeria pluvial cede e bloqueia trânsito na Borges de Medeiros. E agora são 20 os desabrigados

Por MAURÍCIO ARAUJO (com foto de Divulgação), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

CIDADE. Galeria pluvial cede e bloqueia trânsito na Borges de Medeiros. E agora são 20 os desabrigados - prefeitura-borges

Prefeitura e Corsan já iniciaram trabalho de recuperação na Borges de Medeiros com a Estácio Lemos. Serviço continua nesta sexta-feira

A forte chuva que atinge Santa Maria desde o início da manhã desta quinta-feira (20) ainda exige do Poder Público agilidade na solução dos problemas decorrentes do grande volume de água. Muitos bairros ainda seguem alagados e, devido à continuidade da chuva, a Prefeitura Municipal orienta a população que, em caso de urgência, acione o número 193. Uma força-tarefa está reunida no Comando Regional do Corpo de Bombeiros para atender as ocorrências.

No final da tarde desta quinta-feira, um grande buraco se abriu na Rua Borges de Medeiros com a Estácio Lemos, no Bairro Noal. Uma galeria da rede pluvial cedeu, causando uma cratera no cruzamento. O prefeito Jorge Pozzobom foi até o local verificar a situação de perto e dar os encaminhamentos necessários às equipes.

Devido ao acontecimento, o trânsito no sentido bairro-centro está totalmente bloqueado. Já no sentido centro-bairro, a via está em apenas uma pista. A Prefeitura de Santa Maria e a Companha Rio-grandense de Saneamento (Corsan) já deram início no trabalho de recuperação. No entanto, ressalta-se, que o serviço terá continuidade nesta sexta-feira (21), quando as equipes retomarão os trabalhos. Enquanto o problema não for solucionado, as vias permanecerão bloqueadas.

Equipes de diferentes secretarias do Executivo, bem como Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Cruz Vermelha, entre outras instituições seguem monitorando de perto as ocorrências.

“Estamos trabalhando sem parar para prestar assistência à população e resolver as ocorrências que surgiram devido à forte chuva que atingiu nossa cidade”, disse o vice-prefeito Sergio Cechin, que também está interinamente à frente da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos.

DESALOJADOS E PONTOS DE ALAGAMENTO

Conforme a força-tarefa montada, até a tarde a noite desta quinta-feira, 20 pessoas ficaram desalojadas, na Vila Carolina e na Vila Lídia. O Corpo de Bombeiros removeu três crianças e a mãe delas de uma residência, na Rua Fernandes Vieira. Já a Cruz Vermelha retirou outras sete pessoas de casa, na Rua Marechal Rondon. Já na Vila Lídia, oito pessoas foram retiradas de casa, na Rua Vermelha. Todos foram levados à casa de familiares.

Até a noite desta quinta-feira, a força-tarefa montada no Corpo de Bombeiros registrou 20 pontos de alagamentos em diferentes bairros da cidade.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *