LUNETA. Schirmer e a Segurança Pública, Guarda Municipal e os buracos, e a Estrada Rincão dos Brasil

LUNETA. Schirmer e a Segurança Pública, Guarda Municipal e os buracos, e a Estrada Rincão dos Brasil

Por Maiquel Rosauro

* O ex-secretário estadual de Segurança Pública, Cezar Schirmer (MDB), divulgou em sua fanpage, nesse sábado (12), um balanço de sua gestão no cargo.

* “Há muitos anos, a segurança pública deixou de ser um problema stricto sensu. Hoje, envolve diversos atores e afeta inúmeras áreas, que vão desde a educação, saúde e qualidade de vida até o turismo e o desenvolvimento econômico”, disse o emedebista.

* Abaixo, confira o relatório divulgado por Schirmer:

* A Guarda Municipal de Santa Maria abordou, nesse sábado, um senhor que estava tapando buracos na Rua Castro Alves, na região Norte, com materiais de construção.

* A ação foi gravada e o vídeo vem repercutindo nas redes sociais.

* A vereadora Deili Silva (PTB), moradora da região Norte, prometeu tomar providências na segunda-feira (14).

* Quem também utilizou as redes sociais para fazer uma reclamação foi o vereador Valdir Oliveira (PT).

* O petista denunciou a situação da estrada do Rincão dos Brasil, em São Valentim.



2 comentários

  1. O Brando

    Schirmer ganhou na secretaria recursos que seus antecessores não tinham. Por sinal, Gringo não foi reeleito. Se fizermos um ranking com os piores prefeitos que Santa Maria já teve tem gente que pode acabar hors-concours.
    Problema de colocar materiais de construção nos buracos é que depois alguém tem que tirar e nem relógio trabalha de graça. Guarda Municipal tem como obrigação proteger o patrimônio público. Deixar de fazer isto é prevaricação.
    Se o Rincão é dos Brasil eles que resolvam o problema.
    O ‘X’ da questão é simples. Ex-integrantes do G11 resolveram ‘fazer oposição’ ferrenha ao prefeito. Com o talento usual, óbvio. Daí estas abobrinhas, reclamar como criança que atrasou a mamadeira. A meia sola nas ruas da cidade fica de fora. O elefante branco ao lado do Casarão da Vale Machado é bom esquecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *