Destaque

POLÊMICA. Luciano Hang diz que sindicato dos trabalhadores impede vinda da Havan para Sta Maria

Luciano Hang e Aurélio Paduano criticaram os presidentes dos sindicatos de trabalhadores de Sta Maria e Sta Cruz do Sul. Foto Reprodução

Por Maiquel Rosauro

O empresário Luciano Hang, proprietário da rede de lojas Havan, divulgou um vídeo nas redes sociais solicitando apoio para abrir filiais em Santa Maria e em Santa Cruz do Sul. Na publicação feita na terça-feira (12), ele informa que os presidentes dos sindicatos dos trabalhadores de ambas as cidades estão impedindo a vinda das lojas.

Hang inicia o vídeo explicando que já abriu uma unidade em Passo Fundo e que a próxima será em Caxias do Sul. Na sequência, ele diz que pretende abrir até sete megalojas que vão trazer empregos, renda e desenvolvimento.

“Mas temos duas cidades que já estão no nosso radar – tudo acertado, terreno, localização – e estamos com problemas com os presidentes dos trabalhadores que não querem geração de emprego e desenvolvimento na cidade. Santa Maria é uma. Inclusive, acertamos o terreno das Vovozinhas (Lar das Vovozinhas), que é uma entidade que presta um serviço maravilhoso. Fomos antecipar quase R$ 800 mil para a entidade, mas estamos com dificuldade com o presidente do sindicato”, disse Hang, que também ressaltou enfrentar problemas em Santa Cruz do Sul.

O empresário, então, pede a população se mobilize e argumenta que os sindicatos patronais estão do seu lado. Quem também participa do vídeo é o gerente geral de Recursos Humanos da Havan, Aurélio Paduano.

“Em Santa Maria, temos todo o apoio do presidente patronal, o Ademir (Ademir José da Costa, presidente do Sindilojas Região Centro), que está indo agora para a negociação junto com a laboral para viabilizar essa possibilidade para nós”, comentou Paduano.

Hang finaliza o vídeo avisando que tem pressa para a abertura das lojas e, mais uma vez, critica os líderes dos trabalhadores.

“Não é possível que o presidente de um sindicato de uma cidade mande na cidade e impeça o desenvolvimento dela”, argumentou.

O principal pré-requisito da Havan para instalar suas filiais em novos municípios é a liberdade de abertura em domingos e feriados.

 

Presidente dos comerciários diz que é preciso respeitar a convenção coletiva

O presidente do Sindicato dos Comerciários de Santa Maria, Rogério Reis, disse estar surpreso com o vídeo postado por Hang. O sindicalista argumenta que jamais teve contato com o empresário.

“Em momento algum o que ele está falando se refere a minha pessoa. Não tive contato com esse cidadão e ele nunca protocolou nada dentro do sindicato. Acompanho informações sobre a loja apenas pela imprensa. Vou encaminhar este vídeo para o nosso setor jurídico avaliar”, argumenta Reis.

Com exceção dos mercados, qualquer loja do comércio varejista pode funcionar aos domingos com mão de obra contratada em Santa Maria. Já em relação aos feriados, a última Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) – que baliza as relações trabalhistas entre patrões e empregados – determinou que dos 13 feriados anuais, cinco teriam funcionamento permitido.

O período legal para negociação da próxima CCT entrou em vigor em 1º de fevereiro e, no momento, o Sindilojas elabora a proposta a ser encaminhada ao Sindicato dos Comerciários. A tendência é de que a entidade patronal, que já realizou uma reunião com a Havan no final de janeiro, proponha a abertura das lojas em dez dos 13 feriados (ficariam de fora apenas Natal, 1° de Janeiro e Dia do Trabalhador).

Em abril, os diretores do Sindilojas e dos Comerciários deverão apresentar as propostas a seus associados, as quais serão apreciadas em assembleias gerais.

“Cumprimos rigorosamente o que está na lei. Além disso, as assembleias são soberanas. A lei não permite fazer uma assembleia isolada para a Havan. Ou seja, existe uma convenção coletiva. É demagogia acreditar que eu possa fazer o acordo com apenas uma empresa”, explica Reis.

No início do mês, o Sindilojas realizou uma entrevista coletiva para tratar sobre a vinda da Havan, onde também detalhou pontos da CCT da categoria e esclareceu que, para abrir nos feriados, é preciso um acordo com os trabalhadores. Para saber mais, clique AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

6 Comentários

  1. Absurdo e sem nexo os argumentos deste forasteiro. Ele quer dizer que Santa Maria e Santa Cruz so vao se desenvolver com a chegada das suas lijas? Quanta petulancia. Parabéns ao sindicato que nao vai aceitar guela abaixo um empresario truculento que desrespeita as convençoes dos trabalhadores. Imaginem o que fará depois que se alojar. Não consigo entender como os gaúchos deixaram este empresário forasteiro entrar no nosso estado com esta proposta antitrabalhador. Ele vai é criar desemprego 7fazendo concorrencia desleal com as concorrentes. Santa Maria fique de olho bem aberto. Este empresario da havam não é solução para ninguém.

  2. HÁ VANs que podem te levar para outros municípios.
    Periga o “Sindicato dos Transportadores de Gente para Compras no Exterior” SdTdGpCnE” não operar no domingo.

    O país que gosta de um Sindicato.

  3. Simples
    Implanta em Restinga Seca, caminho de PoA, perto do Recanto Maestro e gera emprego e renda lá.
    Estilo Araranguá. Periga e vem um Madero de brinde.

  4. É óbvio que essa esquerda despeitada vai tentar de todas as formas boicotar e atrapalhar nosso presidente e seus apoiadores. A8nda bem que o povo honesto desse país não cai mais nas malhas da esquerda.
    Graças a Deus. A NOSSA BANDEIRA JAMAIS SERÁ VERMELHA!!!

  5. – Sindicato forte agora é Oposição;
    – Oposição pode estimular contrariedade ao grande apoiado do Coiso;
    – Milhares de santamarienses trabalham nos feriados e domingos, imagino que lideranças nunca precisem ir num hospital no final de semana;
    – Comércio nos finais de semana fomenta economia e serviços, proporciona que empregados que trabalham durante a semana possam consumir sem pressa;
    – o sindicato DEVE verificar se funcionários recebem direitos, tem a folga semanal;
    – muitos estudantes trocariam o final de semana por folga na semana para concluir cursos, realizar estágios curriculares, enquanto trabalham;
    – Tem que dar nome a quem é contra, nome de diretores listados, para que o povo saiba quem está defendendo a classe. Quem são os heróis?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo