REGIÃO. Com audiências definidas, lançada Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da RSC 287

REGIÃO. Com audiências definidas, lançada Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da RSC 287

REGIÃO. Com audiências definidas, lançada Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da RSC 287 - valdeci-duplicação-todos

Deputados estaduais, vereadores e gestores públicos da região foram ao Palácio Farroupilha, no lançamento da Frente Parlamentar

Por MARCELO ANTUNES (texto) e TIAGO MACHADO (fotos), da Assessoria de Imprensa do Deputado Estadual Valdeci Oliveira 

Com a presença de deputados estaduais de diferentes bancadas, vereadores e gestores públicos de diversos municípios gaúchos, além de lideranças empresariais e da sociedade civil, foi lançada, nesta quarta-feira (10), em Porto Alegre, a Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da RSC-287, principal rodovia que liga a região Central do estado à capital gaúcha.

“A Frente possibilita a organização de reuniões e audiências públicas para a discussão plural e pluripartidária com a sociedade. Todos temos a consciência da urgente necessidade da duplicação da 287, não somente do ponto de vista do desenvolvimento econômico para as regiões do Vale do Rio Pardo, Central e adjacências, mas também em relação à segurança dos usuários e a preservação de vidas”, destacou Valdeci Oliveira, autor do requerimento para a instituição do colegiado.

REGIÃO. Com audiências definidas, lançada Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da RSC 287 - valdeci-duplicação-valdeci

Valdeci: “trabalho começou antes da eleição passada, principalmente coordenado pelas lideranças de Santa Cruz do Sul, Candelária e Venâncio Aires”

Valdeci anunciou também que, no âmbito da Comissão de Assuntos Municipais (CAM) da Assembleia, da qual faz parte, já foram aprovadas a realização de três audiências públicas para tratar do tema: em Santa Maria (29 de abril), Santa Cruz do Sul (13 de maio) e Venâncio Aires (com data ainda a ser definida). Segundo o deputado, essa é uma forma de, paralelamente a ação do governo, oportunizar, via Assembleia Legislativa, o diálogo com a sociedade e diminuir os possíveis tensionamentos que normalmente existem numa obra dessa envergadura.

“Temos de aproveitar esse momento e dialogar com todos os setores da sociedade, de forma muito transparente e democrática, sobre a modelagem, pedágios, preço e, principalmente, a situação dos moradores das comunidades localizadas entre uma e outra praça de cobrança”, destacou.

Em seu pronunciamento, o deputado lembrou que a ideia da criação da Frente começou a ser debatida ainda durante o processo eleitoral do ano passado, quando as entidades de classe empresariais procuraram os candidatos para que eles assinassem um documento assumindo o compromisso com a luta em relação à duplicação.

“Mas esse trabalho começou antes, principalmente coordenado pelas lideranças de Santa Cruz do Sul, Candelária e Venâncio Aires”, destacou o parlamentar, salientando também que a própria Câmara Municipal de Santa Maria criou uma comissão para acompanhar o processo.

O presidente da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Santa Cruz do Sul e representante do Movimento Duplica RSC-287, Lucas Leon Rubinger Junior, também se manifestou e destacou que, com o lançamento da Frente, “nossa esperança se renova, pois o governo lançar uma consulta pública não significa que a estrada estará duplicada. Precisamos, além da nossa cobrança, da pressão dos senhores e das senhoras parlamentares”, afirmou.

Além de Valdeci e do presidente da ACI, participaram do lançamento da Frente a deputada estadual Kelly Moraes (PTB) e os deputados estaduais Carlos Búrigo (MDB), Eduardo Loureiro (PDT), Eric Lins (DEM) e Giuseppe Riesgo (NOVO), além dos vereadores santa-marienses Admar Pozzobom (PSDB), Adelar Vargas (MDB), Alexandre Vargas (PRB), Cezar Gehm (MDB), Luciano Guerra (PT) e Vanderlei Araújo (PP).

Também marcaram presença o secretário municipal de Planejamento de Candelária, Rui Beise; Flávio Karnopp, da Associação Comercial de Candelária; o secretário municipal de Desenvolvimento de Santa Cruz do Sul, César Cechinatto, e o representante da Associação Brasileira de Rodovias (ABUR), Otávio Pereira.



1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *