REGIÃO. Estradas, estradas e estradas. O tema dos edis da Quarta Colônia em sua Marcha a Porto Alegre

REGIÃO. Estradas, estradas e estradas. O tema dos edis da Quarta Colônia em sua Marcha a Porto Alegre

REGIÃO. Estradas, estradas e estradas. O tema dos edis da Quarta Colônia em sua Marcha a Porto Alegre - valdeci-quarta-eduardo

Integrantes da Marcha dos Vereadores fizeram foto oficial com o governador Eduardo Leite, que também ouviu a mesma reivindicação

Por TIAGO MACHADO (texto e fotos), da Assessoria de Imprensa do Deputado Valdeci Oliveira

Aberta oficialmente nesta quarta-feira (29), em Porto Alegre, com a presença do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, entre outras diversas autoridades, a 14ª Marcha dos Vereadores da Quarta Colônia teve como principal destaque, no seu primeiro dia de atividades, a reivindicação por obras nas rodovias da região.

Os asfaltamentos da ERS-348, entre Ivorá, São João Polêsine e Faxinal do Soturno, e da ERS-149, entre Nova Palma e Pinhal Grande, foram as principais cobranças feitas pelos parlamentares. De acordo com o vereador Saulo Piccinin (PT), de Ivorá, a luta pela pavimentação da 348 já dura 20 anos. “Precisamos que as autoridades olhem com mais carinho para nossa região”, afirmou.

REGIÃO. Estradas, estradas e estradas. O tema dos edis da Quarta Colônia em sua Marcha a Porto Alegre - valdeci-quarta-riesgo

Na abertura da Marcha dos Vereadores, o vice-governador Ranolfo (D) e também o deputado Giuseppe Riesgo (E), além de Valdeci Oliveira

Já o vereador Odacir Busato (PP), de Nova Palma, afirmou que, para percorrer a ERS-149, atualmente, é melhor “ir a pé ou a cavalo”, tal o estado precário da estrada. “O escoamento da safra agrícola é muito prejudicado”, complementou.

O secretário estadual dos Transportes, Juvir Costella, apresentou no evento um diagnóstico feito pelo governo do Estado sobre as rodovias gaúchas. O estudo mostrou que o Rio Grande do Sul tem mais de 158 mil quilômetros de rodovias, entre vias municipais, estaduais e federais, e é o estado brasileiro com maior dependência rodoviária no Brasil. Sobre as demandas específicas da região, ele pediu que cada vereador procure algum deputado da bancada federal gaúcha e solicite a destinação de emendas da União para a realização das obras na 348 e na 149.

“No momento, não temos recursos para atender os pedidos. Mas daqui alguns dias saberemos a quantia de dinheiro que vamos dispor. Eu não vou começar nenhuma obra sem saber quando e como ela vai terminar. O Rio Grande ainda tem 67 municípios que não possuem acesso asfáltico, o que é uma vergonha”, disse Costella.

GOVERNADOR –  No final da manhã desta quarta, os participantes da Marcha, acompanhados do deputado estadual Valdeci Oliveira (PT), foram até o Palácio Piratini e foram recebidos rapidamente pelo governador Eduardo Leite. No momento da fotografia oficial, os vereadores da Quarta Colônia aproveitaram para também pedir a Leite a realização de obras nas rodovias da região.

“O governador ressaltou que ele e o governo são sensíveis ao tema, mas que faltam recursos. Nós temos plena consciência das dificuldades orçamentários, mas, em virtude da relevância dessas obras, vamos continuar dialogando, pressionando e tencionando, no bom sentido, o governo para que ocorram avanços”, afirmou Valdeci, cujo mandato sempre colabora na organização da Marcha.

As atividades da Marcha continuam nesta quinta-feira (30).  A secretária estadual da Saúde, Arita Bergman; o secretário estadual da Agricultura, Covatti Filho; e o secretário estadual de Obras e Habitação, José Stédile, estão entre as autoridades confirmadas.



1 comentário

  1. O Brando

    Circo com reinvindicações impossíveis de ser atendidas no momento visando as eleições do ano vindouro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *