ECONOMIA SOLIDÁRIA. Eventos internacionais sob risco. Projeto Esperança conclama os santa-marienses

ECONOMIA SOLIDÁRIA. Eventos internacionais sob risco. Projeto Esperança conclama os santa-marienses

ECONOMIA SOLIDÁRIA. Eventos internacionais sob risco. Projeto Esperança conclama os santa-marienses - economia-solidária-irmã-lourdesCarta Aberta à Comunidade Santa-mariense

Por LOURDES DILL (*)

Está prevista para os dias 11 a 14 de julho de 2019, a realização da 26ª edição da Feira Internacional do Cooperativismo, Economia Solidária e Agricultura Familiar em Santa Maria, RS, Brasil.

São 26 anos que o Projeto Esperança/Cooesperança com a Arquidiocese de Santa Maria, juntamente com a Cáritas Brasileira, Banco da Esperança, Universidades e Prefeitura Municipal de Santa Maria organizam esta Feira de muita importância para a cidade. Em 2018, no Jubileu na 25ª edição da FEICOOP passaram pelo Evento em torno de 302 mil pessoas de todos os Estados Brasileiros, de 28 Países, 583 Municípios e mais ou menos 1.000 Empreendimentos. É um Evento de impacto social, econômico, político organizativo e cultural para Santa Maria e para o Brasil. Estes 26 anos foram de muitas lutas, desafios, vitórias, conquistas, muito trabalho e intercâmbios com experiências Nacionais e Internacionais.

Os Eventos para muitas pessoas e organizações motiva a se organizarem, produzirem e comercializarem de forma participativa, comprometida e solidária em vista de geração de trabalho e renda e do Bem Viver. A FEICOOP não tem um fundo próprio.

Ao longo destes anos foi possível captar recursos governamentais e Projetos com outras Entidades e Organizações para contribuir na organização deste Evento. Agora, na crise em todas as instâncias governamentais, organizações e Entidades, os projetos de apoio são quase que impossíveis. Temos apenas um Projeto aprovado de uma Emenda Parlamentar do Deputado Federal Elvino Bohn Gass, que dá apenas para um terço do custo da estrutura da 26ª FEICOOP de 2019, cujos recursos vêm via UFSM através da SENAES do Ministério da Cidadania, e que serão viabilizados em parceria com a UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), que coordena a gestão de recursos.

A Formação de todos os que participam deste Evento, tornaram a Feira gigantesca ao longo destes 26 anos de história construída com muita participação de voluntários e interação de pessoas comprometidas que fazem deste Evento um Projeto de Vida e de interação comprometida das pessoas, dos voluntários e apoiadores.

Convidamos todas as pessoas comprometidas, Entidades, Organizações, Movimentos, Setor Público e Hotéis, todos envolvidos que puderem contribuir neste mutirão de captação de recursos, pois se não conseguirmos os recursos necessários a 26ª FEICOOP poderá estar comprometida e não ser realizada a edição neste ano de 2019.

Para nós não interessa apenas fazer a Feira de Comercialização dos produtos, a Feira precisa dos espaços de Formação, Seminários, atividades culturais, oficinas e os Intercâmbios e propostas para os que acreditam que um “Outro Mundo é Possível” e “Uma outra Economia que já Acontece” através desta realização histórica, onde Santa Maria se torna a Capital da Economia Solidária, do Cooperativismo e da Agricultura Familiar.

Santa Maria precisa, sim, contribuir com este Evento uma vez que a cidade é muito beneficiada com a sua realização. A não realização deste Evento seria uma lástima para toda a cidade e para os participantes de outros lugares do Brasil e do mundo.

Seja um doador para a realização da 26ª FEICOOP:

Banco do Brasil, Conta Corrente nº 00126.292-7, Agência 0010-8, Caritas Brasileira Regional Rio Grande do Sul com CNPJ nº 33.654.419/0010-07, Porto Alegre, RS, em parceria com a Caritas Brasileira e do Rio Grande do Sul que ajudou a construir esta plataforma de captação de recursos, em favor da 26ª FEICOOP/2019.

Agradecemos o apoio, divulgação e a sua generosa contribuição.

(*) A Irmã Lourdes Dill é a Coordenadora do Projeto Esperança/Cooesperança e Coordenadora dos eventos da Economia Solidária



1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *