TRÂNSITO. Cresce o número de autuações. Infrações campeãs: não usar cinto de segurança e uso de álcool

TRÂNSITO. Cresce o número de autuações. Infrações campeãs: não usar cinto de segurança e uso de álcool

TRÂNSITO. Cresce o número de autuações. Infrações campeãs: não usar cinto de segurança e uso de álcool - prefeitura-trânsito-balada

Operações como a Balada Segura e o aumento de pessoal no setor, na Prefeitura, são explicações para o grande aumento das autuações

Por ERENICE DE OLIVEIRA (texto) e JOÃO ALVES (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

A Prefeitura de Santa Maria, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, divulgou o balanço das infrações de trânsito na cidade no primeiro quadrimestre de 2019. O levantamento faz um comparativo com o mesmo período de 2018, e traz ainda o total de infrações do ano passado, o que permite traçar um rápido perfil do comportamento geral no trânsito dos motoristas santa-marienses.

Na comparação entre os quatro primeiros meses deste ano com o mesmo período do ano passado, verifica-se um crescimento nos registros, com destaque para os meses de março (134%) e abril (96%). O índice campeão das notificações refere-se ao não uso do cinto de segurança, que teve crescimento de 1.287%. Entre as infrações mais comuns, destacam-se dirigir sob influência do álcool, com 400% a mais de infrações anotadas, e avançar o sinal vermelho do semáforo ou da parada obrigatória, que teve crescimento de 333%. Cabe ressaltar que os registros para quem dirige segurando ou manuseando o aparelho celular subiram 244%.

Segundo o superintendente de Trânsito e Transporte, Roberto Almeida, o aumento das autuações está ligado ao incremento na estrutura do Departamento Municipal de Trânsito (DMT), com aumento no número do efetivo e em ações mais eficazes nas ruas, o que torna mais visível a atuação dos agentes.

“São agentes a mais nas ruas, que foram alocados em pontos estratégicos da cidade para que se possa fiscalizar melhor. Isso não significa simplesmente autuar. A intenção é fazer com que a população se dê conta de que mudar pequenos hábitos pode fazer toda a diferença, inclusive salvar vidas”, observou o superintendente.

Mudança de cultura e conscientização

O superintendente Roberto Almeida destaca a importância das campanhas de fiscalização (blitze) e de conscientização atuarem em conjunto. Um exemplo é a Operação Balada Segura, parceria com o Governo do Estado que ocorre por meio de autuação, mas também promove a prevenção de acidentes e acaba reduzindo mortes.

Dados da Secretaria apontam, segundo Roberto, que houve redução de 250% no número de acidentes com lesões corporais e 300% no número de mortes, até o final de abril,  na área urbana do município, depois que a Operação foi retomada pela Secretaria de Mobilidade Urbana neste ano. Esses percentuais, cabe destacar, não resultam apenas da Operação Balada Segura. Eles aglutinam também o trabalho de outras operações implantadas pela Secretaria de Mobilidade Urbana como a Retorno, realizada aos domingos e finais de semana prolongados nos pontos de entrada ao Município, e a Proteger, que atua em pontos de cruzamentos de vias com semáforos na cidade.

Vale lembrar ainda que o programa Educa Trânsito, proposta da Secretaria de Mobilidade Urbana, busca desenvolver no público infantojuvenil a necessidade de se formar condutores conscientes, uma vez que a iniciativa atua junto a escolas da rede municipal de ensino. O programa tem por missão ser um referencial de informação e formação para professores, estudantes e comunidade em geral, em relação às normas de circulação e condutas elencadas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

A campanha mundial Maio Amarelo também é exemplo de iniciativa implantada em Santa Maria que promove a reflexão com vistas à mudança de comportamento, uma vez que propõe um alerta às pessoas para a importância de se alterar hábitos cotidianos.

Infrações  total 2018

Janeiro 423

Fevereiro 523

Março 723

Abril 1.228

Maio 1.250

Junho 1.577

Julho 1.459

Agosto 1.364

Setembro 1.287

Outubro 1.319

Novembro 1.010

Dezembro 767

Infrações  Janeiro a Abril 2019

Janeiro 659

Fevereiro 592

Março 1.694

Abril 2.412

Infrações com o maior crescimento percentual na comparação dos primeiros quatro meses de 2018 e 2019

2018 / 2019 / %

Deixar de usar cinto de segurança 46  / 638 / 1.287

Dirigir sob influência do álcool  5  / 25 / 400

Avançar sinal vermelho 79  / 342  / 333

Dirigir manuseando celular 182  / 626  / 244

Dirigir veículo sem possuir CNH 17  / 43  / 153%

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



2 comentários

  1. Rose

    Ainda vou terminar com essa guarda inutil municipal,a BM faz e mostra o que é fazer bem feito, serei prefeita …me aguardem cinzinhas.

    • Henrique

      E no mais Rose entraram pela porta dos fundos pois passaram de vigilantes à guardas municipais sem concurso público e são muito bem remunerados com horas extras pra dar e vender. Oremos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *