CulturaEducaçãoHistóriaMemóriaUFSM

COLUNA. Luiz Roese e o transporte aditado na UFSM. E ainda o incêndio do vagão e reabertura logo do CAM

Cadê os motoristas da UFSM?

Por LUIZ ROESE (*)

Em que momento o governo federal deixou a UFSM à míngua? A ponto de ela precisar contratar (veja imagem acima) a Sulclean para serviço de motorista nos campi de Santa Maria, Cachoeira do Sul, Frederico Westphalen, Palmeira das Missões e Silveira Martins. Por R$ 9,2 mil. Ué, não tem nem mais motoristas no quadro?

Centro de Atividades Múltiplas quase reaberto

Falei nesses dias  sobre a licitação que a prefeitura de Santa Maria abriu para fazer reparos no Parque Itaimbé, no entorno do Centro de Atividades Múltiplas, o popular Bombril. Pois então, ele é que está mais perto de ser reaberto.

Depois de passar por reformas, ele também ganhou PPCI. Em vistoria, o Corpo de Bombeiros apontou correções que devem ser executadas. Assim que forem cumpridas todas as exigências requisitadas pelo Corpo de Bombeiros, será solicitada uma nova revistoria para a liberação do local.

Vagão da Gare, uma tragédia esperada

Na primeira década dos anos 2000, fiz algumas reportagens sobre a chamada Invasão da Gare, ali do lado da antiga estação ferroviária. O vandalismo já era uma constante por aquelas bandas. Então, o vagão incendiado foi uma consequência natural, infelizmente. Santa Maria é um berço ferroviário sem memória. Há bons exemplos por aí, que eles sirvam de aprendizado.

(*) Luiz Roese é Jornalista. Ele vive outra vez na boca do monte, após um lapso de tempo em que retornou a Porto Alegre, depois uma dúzia de anos em Santa Maria – onde se aquerenciou no início do século e atuou profissionalmente nos jornais Diário de Santa Maria e A Razão. Ele é colunista deste site, escrevendo às quintas-feiras.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo