LUTO PARENTAL. Encontro em Santa Maria mobiliza pais que perderam seus filhos e profissionais da saúde

LUTO PARENTAL. Encontro em Santa Maria mobiliza pais que perderam seus filhos e profissionais da saúde

Por PEDRO PEREIRA (Padrinho Agência de Conteúdo), com foto de DANIELA BATTASTINI (Divulgação)

LUTO PARENTAL. Encontro em Santa Maria mobiliza pais que perderam seus filhos e profissionais da saúde - luto-parental

“Qual o lugar da nossa dor?” Evento tem como objetivo reunir pais e profissionais que encaram a perda de pessoas queridas no cotidiano

“Qual o lugar da nossa dor?” Esta é a indagação que dá nome ao seminário que ocorre nesta segunda-feira, 1º de julho, às 18h30, no auditório da antiga reitoria da Universidade Federal de Santa Maria, no centro da cidade. O evento integra a primeira edição da Semana Gaúcha do Luto Parental e tem como objetivo reunir pais e profissionais que encaram a perda de pessoas queridas no cotidiano.

A antropóloga Monalisa Siqueira Dias abre a programação falando sobre dor, raiva, emoções e sociedade. Esta mistura de sentimentos e pressões externas que dificultam o processo de convivência com a perda. A seguir Flávio José da Silva e Ligiane Righi da Silva, representantes da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia em Santa Maria, comentam a invisibilidade social da dor.

A programação segue com a psicóloga Daniela da Silva, que fala sobre o sofrimento psíquico e a invisibilidade das mulheres negras enlutadas. Antes de encerrar, a doutora em Educação Maria Rita Py Dutra fala do luto parental. Ela tem experiência na área de Ciências Sociais, especialmente em temas como discriminação racial, ações afirmativas, gênero e educação étnico-racial.

O evento é promovido pela ONG Amada Helena, fundada por Tatiana Maffini em 2012 – logo após ela perder a primogênita, que deu nome ao projeto. Em Santa Maria, a organização fica a cargo de Bruna Fani Rocha, mestranda em Ciências Sociais, mãe de anjo e ativista contra a violência obstétrica. As inscrições são gratuitas e abertas ao público – e podem ser feitas no local.

Serviço completo:

Seminário – Qual o lugar da nossa dor?

Onde: auditório da antiga reitoria da UFSM (R. Floriano Peixoto, 1184 – Centro de Santa Maria)

Quando: segunda-feira, 1º de julho

Horário: 18h30

Inscrições: gratuitas, no local

Atendimento da ONG Amada Helena

O apoio a mães e pais que perderam seus filhos conta com atividades como palestras e consulta com psicólogos. 

Onde: Rua Tiradentes, 53 – Bairro Independência (Porto Alegre)

Quando: de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h30

Contato: pelo telefone (51) 9-8198-9205 ou pela página no Facebook



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *