INOVA RS. Governo do Estado apresenta em SM o programa que quer unir tecnologia e desenvolvimento

INOVA RS. Governo do Estado apresenta em SM o programa que quer unir tecnologia e desenvolvimento

INOVA RS. Governo do Estado apresenta em SM o programa que quer unir tecnologia e desenvolvimento - prefeitura-inovars

Santa Maria, com dois secretários presentes, sedia evento que tem como destaque o espírito colaborativo. Pozzobom (E) participou

Por MANUELA VASCONCELLOS (texto) e JOÃO ALVES (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

Tendo como premissas o fomento ao ecossistema de inovação local e tornar o Município atraente para receber novos empreendedores e gerar negócios e riqueza para a região, o programa Inova RS foi apresentado na tarde desta sexta-feira (13). O auditório do Tecnoparque recebeu representantes do governo estadual, além de empresários e instituições locais e regionais. Santa Maria é o primeiro Município gaúcho a receber o roteiro de visitas às regiões que integram o Inova RS. A iniciativa foi apresentada pelos secretários estaduais Luís Lamb, de Inovação, Ciência e Tecnologia, e Claudio Gastal, de Governança e Gestão Estratégica, ao prefeito Jorge Pozzobom.

“A inovação passa pela educação. Por meio do Inova RS, estamos tendo a oportunidade de revigorar nossas formas de pensar e de agir. Já temos um bom diálogo estabelecido entre as instâncias, mas podemos construir uma articulação ainda mais fortalecida em prol do desenvolvimento regional”, afirmou o prefeito Jorge Pozzobom durante o evento.

A ideia é incluir o Estado no mapa global da inovação a partir da construção de parcerias estratégicas entre a sociedade civil organizada, setores empresarial, acadêmico e governamental em oito regiões. O Inova RS busca coordenar ações existentes nessas regiões e, de forma colaborativa, tornar o Estado um lugar que promova, retenha e atraia investimentos e talentos empreendedores.

“Estamos focados no desenvolvimento de negócios alicerçados na tecnologia e no conhecimento. Estamos proporcionando uma visão a longo prazo para a população gaúcha. Após a formação de comitês estratégicos e técnicos, identificamos as possibilidades de potenciais e buscamos soluções. Após, elaboram-se relatórios e articulam-se atores para definir um conjunto de desafios”, explica o secretário estadual de de Inovação, Ciência e Tecnologia, Luís Lamb.

O lançamento do Inova RS também contou com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, Ewerton Falk, com o secretário de Gestão e Modernização Administrativa, Marco Mascarenhas, com o secretário de Finanças, Mateus Frozza, e com a Controladora do Município, Carolina Lisowski. Também estavam o reitor da UFSM, Paulo Burmann, a reitora da UFN, Iraní Rupolo, e demais representantes das instituições de ensino e de instituições locais.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



1 comentário

  1. O Brando

    De onde menos se espera, daí que não sai nada mesmo. Teatro político. Um monte de palavras bonitas: inovação, conhecimento. Faltou o inclusivo, o sustentável, o diverso, etc. Fala em gerar negócios e riqueza. Mas daí vem a pegadinha, formação de comitês, elaboram-se relatórios e depois catam uns caboclos para definir (não é nem para enfrentar) um conjunto de desafios. Assim mesmo, tudo no ‘genérico’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *