MEMÓRIA. Dia de luto no jornalismo santa-mariense. Parada cardiorrespiratória mata Luiz Roese, 45 anos!

MEMÓRIA. Dia de luto no jornalismo santa-mariense. Parada cardiorrespiratória mata Luiz Roese, 45 anos!

MEMÓRIA. Dia de luto no jornalismo santa-mariense. Parada cardiorrespiratória mata Luiz Roese, 45 anos! - luiz

Luiz Roese, na sua versão mais recente, pra lá de risonho e esperançoso. E, no detalhe, uma das coberturas dele para o site, na eleição municipal de 2016. Mesmo debilitado, vigilante e atento na observação de debate dos candidatos à Prefeitura de Santa Maria, na Cacism

ATUALIZADA ÀS 10H07

Uma preliminar necessária: essa é daquelas notícias que o site publica muito a contragosto. Mais que um profissional dedicado e correto, Luiz Roese era amigo. Daqueles com os quais sempre era possível contar. Uma figura maravilhosa, com todos os seus (raros) defeitos, como todos, mas incrivelmente correto e parceiro, no que se compunham suas múltiplas e incontáveis virtudes. Estamos todos, além de comovidos, profundamente tristes.

Dito isto…

Roese, aos 45 anos, e que enfrentava já há alguns anos a esclerose múltipla, partiu às 7 e 31 da manhã de hoje, em sua casa, vítima de parada cardiorrespiratória. Foi atendido, sem sucesso, pelo SAMU. O velório acontece a partir do meio dia, na capela 2, contígua ao Hospital de Caridade, na rua Floriano Peixoto e o sepultamento será realizado amanhã, às 10 da manhã, no Cemitério Ecumênico Municipal.

Luiz Roese, que tinha como companheira dedicada a jornalista Erenice Oliveira, depois de um período de tratamento na capital, voltou a Santa Maria, onde vivia cercado de seus amigos. Aposentado legalmente, nunca parou. Era jornalista voluntário da Associação dos Familiares das Vítimas da Kiss e, também de forma voluntária, mas pra lá de ativa, escrevia coluna semanal aqui no site, nas madrugadas de quinta-feira. Mais que isso, um verdadeiro “rato” de Diários Oficiais, não raro garantia informações em primeira mão para esse espaço.

Nunca parou. Nem mesmo quando a doença, descoberta e tratada já quando se aproximava dos 40 anos, avançava, o impediu de buscar informações. Ontem mesmo, numa notícia sobre licitação de uma praça, foi dele o detalhe diferente, prontamente “oferecido” a este editor, e aqui publicado (veja mais abaixo). E na quinta-feira, sua coluna trazia também detalhes exclusivos sobre uma obra municipal.

Esse era Luiz Roese. Mas, creia, isso importa pouco a seus amigos. Que gostavam dele e de seu jeito de ser, do seu sorriso, de sua solidariedade. E ponto.

LEIA TAMBÉM:

A última coluna de Luiz Roese no site, publicada na quinta-feira, 12:

Centro de Eventos de SM teria a retomada das obras mais próxima, na informação de Luiz Roese” (AQUI)

A última notícia produzida por Luiz Roese e publicada no site nesta sexta-feira, 13:

REVIRAVOLTA. Depois de desclassificada, empresa recorre, vence licitação e fará praça no Bairro Camobi” (AQUI)

EM TEMPO: o site reproduz, porque era assim que ele queria que fosse, o texto final de suas colunas, e que o apresentava. Confira:

(*) LUIZ ROESE é Jornalista. Ele vive outra vez na boca do monte, após um lapso de tempo em que retornou a Porto Alegre, depois uma dúzia de anos em Santa Maria – onde se aquerenciou no início do século e atuou profissionalmente nos jornais Diário de Santa Maria e A Razão. Ele é colunista deste site, escrevendo às quintas-feiras.



4 comentários

  1. Ignez Andrade

    Os amigos e familiares das vítimas da Boate Kiss eternamente agradecem a dedicação ética, profissional e humanística do Roese em busca da Justiça.

  2. Jorge Luiz Fagundes

    Gostaria de agradecer aos amigos e colegas, que acolheram com muito carinho e atenção, meu sobrinho Luiz Roese, foi em Sta Maria que o nosso Luizinho, passou os melhores anos da sua vida. Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *