Política

BASTIDORES. Recado para Bolsonaro, nova Executiva do PSL, Carluxo x Peppa Pig, a provocação de Pimenta

Ao contrário do que havia divulgado, a Executiva do PSL/SM não deixou os cargos por vontade própria. Foi exonerada

Por Maiquel Rosauro

O ex-presidente municipal do PSL, Patric Lüderitz, que deixou o cargo em 9 de outubro, mandou um recado para o presidente Jair Bolsonaro (PSL), via Facebook, na manhã de domingo (20). Na publicação, feita no modo público, o ex-dirigente da legenda revela que a antiga Executiva foi exonerada por se posicionar contra a postura do PSL em relação ao presidente da República.

A postagem expõe que a crise nacional do partido atingiu Santa Maria com força. Quando ocorreu a debandada, Lüdertiz havia divulgado à imprensa que a saída dos cargos era uma decisão da própria Executiva.

 

Executiva provisória

A nova Executiva do PSL/SM atua em caráter provisório, cujo mandato se encerra em 16 de dezembro deste ano. Abaixo, confira a atual nominata:

Presidente – Eloy Irigaray
Vice-presidente – Edmar Mendonça
Secretário-geral – Jonas da Luz Rosa
Primeiro secretário – Régis Assis
Tesoureiro-geral – Sandro Raymundo
1º tesoureiro – João Teixeira
Vogal – Sérgio Londero
Suplente de Comissão Executiva – Ary Brites

 

Nível PSL de debate?

A crise do PSL chegou a um novo nível no domingo (20). O filho do presidente e vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (PSL), desenvolve uma batalha virtual contra a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP). No Twitter ambos utilizaram emojis para trocar insultos.

O vereador postou um tweet com uma série de figuras, começando a sequência com a imagem de um porco. O emoji remete à Peppa Pig, personagem de desenho animado que os bolsonaristas têm utilizado para ofender Joice.

Joice respondeu a Carluxo (apelido pejorativo do vereador) no mesmo nível, utilizando figuras de veados e ratos.

 

“Papai ficou chateado contigo”

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) divulgou em seu Twitter, na sexta (18), trecho de uma entrevista no qual relata as consequências de ter aceito uma provocação do deputado federal Paulo Pimenta (PT) no Congresso Federal.

Segundo o agora tucano (expulso em agosto do PSL por críticas a Bolsonaro), ocorreu um episódio em que Pimenta questionou quem tinha coragem de subir (na tribuna) para pedir a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) flagrado por autoridades pela realização de movimentações financeiras atípicas. Frota aceitou o desafio e pediu sua prisão.

Dez minutos depois, Bolsonaro ligou para Frota para que ele fechasse a matraca. Logo depois, Flávio se aproximou do deputado e disse: “Papai ficou chateado contigo”.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo