ACESSIBILIDADE. Cultura e arte através da dança e da cidadania. Evento é no Espaço Multiuso, na UFSM

ACESSIBILIDADE. Cultura e arte através da dança e da cidadania. Evento é no Espaço Multiuso, na UFSM

ACESSIBILIDADE. Cultura e arte através da dança e da cidadania. Evento é no Espaço Multiuso, na UFSM - ufsm-semana-da-dançaDa Redação da Agência de Notícias da UFSM, com foto de Reprodução

Pela primeira vez, o curso de Licenciatura em Dança da UFSM vai realizar com recursos de acessibilidade a sua tradicional mostra de apresentação de trabalhos, que vai ocorrer na próxima terça-feira (3), data em que se celebra o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. A 5ª Noite da Dança começa às 19h30min no Espaço Multiuso da UFSM, com entrada franca e classificação etária de 16 anos.

A Noite da Dança é um evento semestral, que visa a compartilhar os fazeres artístico-investigativos da dança como área de conhecimento e proporcionar aos acadêmicos experiências artísticas de montagem, direção e apresentação pública que contribuam para sua formação e suas práticas no mercado de trabalho.

Neste semestre, a Noite da Dança será aberta com a apresentação artística dos trabalhos de conclusão de curso (TCCs) da licenciatura. São seis obras coreográficas ou performáticas que expõem a investigação dos futuros artistas/docentes. Entre elas, estão as performances “Em Mar Aberto” e “Violada”, que discutem, respectivamente, questões ambientais e de violência contra a mulher. Há ainda a apresentação dos solos “Teologia Preta do Arco-Íris” e “Escrever-Ler-Dançar”, além das obras em grupo “Entre Olhares” e “Cuidado, Frágil”.

Após a apresentação artística dos TCCs, será realizada a mostra de trabalhos de disciplinas, projetos de ensino, pesquisa ou extensão dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Dança, na qual são apresentadas coreografias desenvolvidas nos cursos, com até três minutos cada uma. A noite encerra-se com a obra “Um Fragmento de Decadência”, remontagem de uma cena do “Decadance”, do coreógrafo Ohad Naharin, a cargo do grupo de alunos da disciplina Fundamentos dos Elementos Cênicos, sob orientação do professor Odailso Berté.

Acessibilidade – Entre as seis apresentações artísticas dos TCCs da licenciatura, uma das obras – “Cuidado, Frágil” – tem em seu elenco artistas com e sem deficiência. Pensando na inclusão em dança e considerando que a apresentação será no Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, a comissão organizadora da 5ª Noite da Dança, após reunião com o Núcleo de Acessibilidade e Inclusão da UFSM, decidiu pensar estratégias e ações para oportunizar um evento o mais inclusivo possível. Para tanto, contará com alguns recursos de acessibilidade. A ideia é ampliar as práticas inclusivas já desenvolvidas no curso – inclusive na recepção das obras.

O público com deficiência visual ou com interesse na temática da inclusão é convidado a conhecer as dependências do Espaço Multiuso e o material de acompanhamento (programa do espetáculo), com as descrições específicas, às 18h30min. Além disso, para melhor atendimento a essas pessoas, a organização da 5ª Noite da Dança solicita a elas que encaminhem e-mail até este sábado (30) para o endereço noitedadancaufsm@gmail.com, confirmando a presença e demandando atendimento especializado.

No ano passado, o projeto de extensão Extremus – vinculado ao curso de Licenciatura em Dança – estreou o espetáculo “Dançar as Coisas do Pago”. Foi a primeira obra de dança, na cidade de Santa Maria, com audiodescrição simultânea e interpretação em Língua Brasileira de Sinais (Libras) – elaborada para a obra e inserida no contexto da cena. A apresentação ocorreu no Theatro Treze de Maio, com o apoio do programa Pró-Cultura, do Governo do Estado, e da Pró-Reitoria de Extensão da UFSM.

Semana da Dança – A 5ª Noite da Dança integrará a Semana da Dança, que vai reunir atividades de encerramento do semestre. Durante três dias – de terça (3) a quinta-feira (5) – o curso de licenciatura estará envolvido em apresentações e debates de pesquisas diversas.

Na quarta-feira (4), das 9h às 18h, serão realizadas as defesas dos TCCs na sala 1013, do Laboratório de Biomecânica do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD). Sete trabalhos serão apresentados e debatidos pelas respectivas bancas, de modo que a comunidade acadêmica possa conhecer um pouco mais do que o curso de Licenciatura em Dança vem pesquisando em diferentes campos de atuação.

Na manhã de quinta-feira, ocorrem no mesmo local os Diálogos da Cena, ocasião em que os acadêmicos do curso vão debater as obras apresentadas nos TCCs. Trata-se de uma proposta de formação crítica dos alunos, assim como uma oportunidade para os criadores/intérpretes ouvirem discussões a respeito de suas obras e falarem sobre os processos de criação. O debate público, que ocorre das 9h às 12h, é um processo formativo para todos os acadêmicos, uma vez que cada trabalho artístico oriundo de um TCC terá um aluno de outro semestre para discutir a obra.

No mesmo dia, à tarde, também no Laboratório de Biomecânica, vão ocorrer as defesas dos estágios supervisionados, nas quais os acadêmicos contam como foi a experiência nas escolas e que pesquisa foi desenvolvida durante o semestre. Toda a programação é aberta à comunidade em geral.

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *