CÂMARA. Adelar Vargas do MDB, sem surpresas no horizonte (mas...), será eleito presidente nesta quinta

CÂMARA. Adelar Vargas do MDB, sem surpresas no horizonte (mas…), será eleito presidente nesta quinta

CÂMARA. Adelar Vargas do MDB, sem surpresas no horizonte (mas...), será eleito presidente nesta quinta - câmaraPor CLAUDEMIR PEREIRA (com foto de Reprodução), Editor do Site

A partir das 3 e meia da tarde, o plenário do Palacete da Vale Machado assiste à sessão derradeira do legislativo santa-mariense em 2019. E com pauta única: eleição e posse da nova Mesa Diretora. Provavelmente, também, haverá já o anúncio dos integrantes da Comissão Representativa, que se reunirá regularmente no recesso parlamentar que estará iniciando – e se prolongará até meados de fevereiro.

Diferente de outros eventos semelhantes, inclusive o do ano passado, neste há uma ideia de que tudo está definido, com dois grupos consolidados, um com 11, outro com 10 integrantes.

Assim é que, salvo modificações de última hora (improváveis mas, diante do histórico do parlamento local, nunca descartáveis, como você lerá daqui a pouquinho, nos Bastidores assinados por Maiquel Rosauro) já se sabe quem será o presidente no último ano da atual Legislatura: o emedebista Adelar Vargas.

Não é demasiado supor, se dizia às vésperas deste 26 de dezembro, que, diante do resultado inevitável, ele possa até ter mais votos do que os 11 iniciais, com declarações em separado. Mas isso já é uma suposição com a qual o grupo que autodenominado “Força Legislativa” não trabalha.

Desta forma, os outros 10 votos (além do próprio) que deverão garantir a eleição de Vargas, são os de (todos na foto que ilustra esta nota) Ovídio Mayer e Deili Silva, do PTB, Marion Mortari, do PSD, Luci Duartes, do PDT, Alexandre Vargas, do Republicanos, Jorge Trindade, do Rede, e Luciano Guerra, Celita da Silva, Daniel Diniz e Valdir Oliveira, do PT.



2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *