CampoCidadaniaPrefeitura

CIDADE. Prefeitura cria rede de solidariedade para destinação de produtos perecíveis a instituições locais

Iniciativa teve apoio da Receita Federal e do Mesa Brasil, beneficiando cerca de 5 mil pessoas. Queijo foi um dos produtos entregues

Por MANUELA VASCONCELLOS (com foto de Divulgação), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

A Prefeitura de Santa Maria, por meio do Programa Municipal de Educação Fiscal, realizou uma série de tratativas para que a destinação de produtos perecíveis não deixasse de ser realizada. Em tempos de grande necessidade em função das restrições impostas pela epidemia de coronavírus, a união de esforços para minimizar e atender demandas se faz ainda mais necessária para atender instituições que necessitam de doações. O resultado é que mais de 1,7 tonelada de queijo, alimento apreendido pela Receita Federal, foi destinada para 11 instituições sociais de Santa Maria pelo Mesa Brasil Sesc.

Para isso, o Serviço de Inspeção Municipal (SIM), da Secretaria de Desenvolvimento Rural, foi acionado para a avaliação sanitária e a amostragem do produto ao Samitec Soluções Analíticas Microbiológicas e Tecnológicas, laboratório parceiro do Município, que realizou o trabalho sem custos. As coletas ocorreram nos dias 15 e 17 de abril.

“Ao retornarem o laudo, verificamos que as amostras não possuíam contaminação microbiológica e estavam aptas para o consumo humano conforme os parâmetros exigidos pela legislação vigente”, explica a coordenadora do SIM, Lidiane Vieira.

Após, os alimentos foram destinados para o Mesa Brasil Sesc, que também é parceiro da Prefeitura, por se tratar de produtos perecíveis. O programa é uma rede permanente de solidariedade que atua desde 2003 no Estado com o objetivo de evitar o desperdício de alimentos e diminuir as carências nutricionais da população. O resultado é que cerca de 5 mil pessoas foram beneficiadas diretamente.
“A parceria com órgãos representativos da nossa entidade na doação dos queijos representa um fortalecimento da rede de solidariedade. Receber um produto de ótima qualidade e com ótimo valor nutricional é de suma importância na complementação das refeições ofertadas”, afirma a nutricionista do programa Mesa Brasil Sesc, Aline Braido Pereira.

“Um dos preceitos do Programa Municipal de Educação Fiscal é justamente defender a origem e a aplicação dos recursos públicos, além de se certificar da correta destinação para quem necessita. É todo um trabalho em rede que deve ser ainda mais valorizado em época de pandemia”, reforça a coordenadora do programa, Rosaura Vargas.

“O recolhimento de itens de alimentação é rotineiro. Por isso, é muito importante manter essas ações sempre na ativa para ajudar as pessoas que mais precisam, sem se descuidar da segurança alimentar”, explica o delegado da Receita Federal em Santa Maria, Araquém Brum.

As entidades beneficiadas foram Apae Santa Maria, Sociedade Assistencial e Educativa Mãe Admirável (Saema), Abrigo Oscar Pithan, Lar Vila Itagiba, Centro Comunitário Infantil da Carolina, Obras Sociais Chico Xavier, Projeto Nações em Ação, Lar das Vovozinhas, Associação Espírita Francisco Spinelli, Centro Social Marista Santa Marta e Lar de Mirian.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo