PrefeituraSaúde

COVID-19. Sindicalista sugere à Prefeitura que use recursos oriundos da Corsan para combater pandemia

Anúncio da renovação de contrato, no gabinete do então governador José Ivo Sartori (E), no Palácio Piratini em 27 de fevereiro de 2018

O sindicalista vinculado ao Sindiágua (que reúne servidores da Corsan), Rogério Ferraz, que também é suplente de vereador pelo PDT, tornou pública carta remetida no dia 27 ao prefeito municipal Jorge Pozzobom. Nela, Ferraz, que a diz ter produzido apenas na condição de cidadão, sugere ao Executivo a utilização de recursos recebidos da companhia, por conta da renovação do contrato de concessão.

Estima o missivista estarem disponíveis cerca de R$ 40 milhões, originalmente destinados ao Caixa da Prefeitura e ao Fundo de Saneamento, e também à ligação Sul-Leste, entre as BRs 392 e 287. A seguir você confere a carta de Ferraz. Em tempo: segundo ele, o mesmo documento foi remetido, além do Gabinete do Prefeito, com cópia para o Ministério Público e à Câmara de Vereadores. Acompanhe:

“Santa Maria, 27 de março de 2020.

Senhor Prefeito

Em 16 de julho de 2018 houve a assinatura do contrato de Programa entre a Corsan e o município de Santa Maria. Neste contrato consta como obrigação da concessionária o repasse de R$ 85 milhões de reais aos cofres da prefeitura:

Depósitos já realizados pela Corsan até o momento:

2018 – R$ 12 milhões no Caixa Livre da Prefeitura.

            R$ 12 milhões ao Fundo do Saneamento

2019 –  R$ 18 milhões ao Fundo de Saneamento

2020 –  R$ 09 milhões, ao Fundo de Saneamento,  restando ainda para os meses de março e abril as últimas duas parcelas de R$ 4,5 milhões.

A Corsan ainda fará o aporte de R$ 25 milhões para obra de interligação entre as BR.s 392 e 287, onde será executado o emissário de esgoto da Corsan. Os repasses ocorrerão de acordo com o cronograma físico-financeiro da obra.

Portanto, senhor Prefeito, temos hoje, 26/03/2020, o efetivo depósito de R$ 51 milhões nos cofres da prefeitura.

Não desconhecemos que alguma parte deste valor já possa ter sido investido em obras na cidade. Mas, certamente ainda há algo em torno de R$ 40 milhões destes recursos nos cofres da prefeitura.

Crise do Coronavírus em nossa cidade:

Todos sabemos que esta crise será de difícil enfrentamento e deixará graves consequências na sociedade, não só em Santa Maria, como no país e no mundo.

Aqui em nossa cidade, vejo com muita preocupação a situação das pessoas, pais de família, que não terão sequer condições de alimentar a si e aos seus, ou de tocar sua vida em condição satisfatória durante o surto e, por um bom tempo, após o surto.

Portanto, Senhor Prefeito venho, respeitosamente, sugerir que os recursos ainda existentes nos cofres da prefeitura oriundos de pagamentos da Corsan sejam utilizados para aliviar o sofrimento e as necessidades dos nossos cidadãos de Santa Maria…”

PARA LER A CARTA NA ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo