LÁ DO FUNDO. PP e MDB (ainda) no governo, Jader e a família, comunistas do B,  dissidentes sossegados...

LÁ DO FUNDO. PP e MDB (ainda) no governo, Jader e a família, comunistas do B, dissidentes sossegados…

LÁ DO FUNDO. PP e MDB (ainda) no governo, Jader e a família, comunistas do B,  dissidentes sossegados... - 6a5b295c-lá-do-fundo-advogados

Presidente da OAB/SM e criminalista renomado, na assistência ao Superintendente da Guarda Municipal, Sandro Nunes, no depoimento 

Por CLAUDEMIR PEREIRA (com foto de Allysson Marafiga/AICV), Editor do Site

– Aparentemente, o PT conseguiu sossegar seus barulhentos dissidentes. Traduzindo: já que o time é esse, a ordem unida é dada e todos seguirão a decisão tomada.

– Traduzindo: a partir de agora não se ouvirão sequer murmúrios de contrariedade. A tropa toda estará com a dobradinha Luciano Guerra/Marion Mortari.

– Que se diga: é assim no petismo desde tempos imemoriais. As brigas acabaram. Pelo menos internamente. É o que se fala, ao menos.

– Superintendente da Guarda Municipal, Sandro Nunes, que depôs quinta-feira, na Comissão de Políticas Públicas, Assuntos Regionais e Distritais, tinha a escoltá-lo dois grandões do Direito da comuna.

– A assistência jurídica ao servidor público esteve a cargo do criminalista Daniel Tonetto e do presidente da subsecção local da Ordem dos Advogados do Brasil, Péricles Lamartine Palma Costa.

– Aliás, é consenso entre observadores independentes (que são poucos, nesse caso, é bom que se afiance) que a consequência jurídica tende a ser nula.

– Do ponto de vista político, claro, a oposição busca o desgaste do prefeito Jorge Pozzobom, num momento especialmente bom dele, por conta da condução das questões locais do coronavírus.

– Vai conseguir? Talvez sim, talvez não. Mas o escriba suspeita que a tentativa será alongar ao máximo a discussão. Se possível até depois da pandemia.

LÁ DO FUNDO. PP e MDB (ainda) no governo, Jader e a família, comunistas do B,  dissidentes sossegados... - 2e71f40b-lá-do-fundo-ccs

Relação de CCs da Câmara conta também com nomes ligados a MDB e PP

– Não obstante o alarido, é fato: há pelo menos uma dezena de nomes ligados ao Progressistas ainda a ocupar cargos de Confiança na Prefeitura Municipal.

– Isso depois do cisma, com o anúncio da candidatura oposicionista do vice Sérgio Cechin, e da dispensa de cerca de duas dezenas de CCs, no início de maio.

– Ah, na lista de chegados diretos (quem sabe até filiados) ao PP, há inclusive militantes ligados a históricos membros do partido de Sérgio Cechin.

– Aliás, que não se perca outra informação: embora em menor número, o MDB também mantém CCs (e Funções Gratificadas) sem sair do lugar, no âmbito do Executivo.

– Na coluna que o editor assina aos finais de semana, no Diário de Santa Maria, o pré-candidato do Republicanos, Jader Maretoli refuta a ideia de que seja um “candidato evangélico”.

– Além de queixar-se de que os outros nomes não são citados por sua religião (embora a tenham), Maretoli afirma que é “candidato da família”.

– Ainda que seja justa a ponderação do político, é fato que será difícil ele se desvenciliar do epíteto e trocar por outro. Mas talvez seja a única maneira de se viabilizar eleitoralmente.

– Quem quiser conferir a íntegra da coluna, que traz também outras notas, basta clicar AQUI (se for assinante do jornal ou não tiver esgotado o número máximo de notas gratuitas mensais).

– Para fechar: o PC do B divulgou, e o site publicou, a relação com 14 pré-candidatos confirmados à vereança. Parece evidente a preocupação de qualificar a listagem, e não apenas numericamente.

– O fato é que, além o ultraconhecido e respeitado Werner Rempel, há um conjunto de nomes (vários diferentes) e que podem somar para os comunistas do B. Êxito eleitoral? Aí é com a urna.



5 comentários

  1. Felipe Tavares

    Mauro Bianco: o teu candidato, o Cadeieiro de Curitiba, fez todos filhos milionarios quando esteve no poder.

  2. O Brando

    Kuakuakuakua! Bonzo é como chamam religiosos no oriente. Palhaço é o Bozo. Por isto que quando falam em comunismo no Brasil eu dou risada. Se instaurarem quebra em dois anos. Kuakuakua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *