Destaque

COVID-19. São 717 confirmados em SM. Cai número de pacientes em UTI. Casos suspeitos chegam a 5.396

Você pode escolher o dado DISPONÍVEL no Boletim Epidemiológico da Prefeitura Municipal, divulgado há poucos minutos. Há desde números otimista até os desalentadores (veja na imagem acima), dependendo do jeito que você os observa. Aqui, pelo menos hoje, não há juízo de valor; apenas o relato.

Assim é que, de ONTEM para hoje, houve um acréscimo na quantidade de casos confirmados. Eram 702, são agora 717. Havia 5.230 suspeitas; hoje elas se elevaram para 5.396. Os descartes também cresceram, de 2.095 para 2.120. E há um curado a mais, hoje são 356 (eram 355). E também se mantém o número de vítimas fatais: 18.

De outro lado, de um dia para o outro, manteve-se (confira na imagem abaixo) o número de hospitalizados em Santa Maria – conforme informações do site da Secretaria Estadual de Saúde, atualizado agora há pouco, às 7 e 5 da noite. O total, assim, seguem sendo 36. A mudança é a redução na ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI); eram 11, hoje são 10.

Confira a situação de cada estabelecimento: Hospital de Caridade (23 internados, dos quais cinco em UTI), Universitário (seis, quatro em UTI), Regional (sete, um deles em UTI).

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo