PrefeituraSaúdeTransporte

CIDADE. A partir desta quarta-feira, mais ônibus em circulação. Número de horários será acrescido em 15%

Medidas são possíveis, informa a Prefeitura, após a adoção de políticas que garantem a segurança dos usuários em meio à pandemia

Por JOÃO PEDRO LAMAS (texto) e JOÃO ALVES (foto/Arquivo), da Assessoria da Prefeitura

A Prefeitura de Santa Maria, junto ao Sistema Integrado Municipal (SIM), reforçará os horários da frota do transporte coletivo urbano e permitirá maior número de passageiros nos ônibus a partir desta quarta-feira (2). Isso só será possível após adoção de políticas que garantem a segurança dos usuários em meio à pandemia de Covid-19.

Com o comércio funcionando ao longo de oito horas a partir desta quarta-feira, haverá um aumento de 15% no número de horários das linhas (confira aqui www.simsm.com.br), além de subir de 10 para 15 o número de passageiros transportados em pé. A quantidade representa 30% da capacidade de passageiros em pé de toda a frota.

“Todas as deliberações foram submetidas ao Comitê Estratégico de Acompanhamento do Covid-19. Elas foram analisadas por todos os segmentos que integram o conselho, com especial atenção dos médicos especialistas. Não é uma decisão isolada da Prefeitura, mas referendada por eles. Com todos os cuidados que estamos tomando, será possível haver mais horários de ônibus e mais pessoas sendo transportadas”, explica o secretário de Mobilidade Ubana, Orion Ponsi.

Entre as políticas adotadas, estão a fiscalização, garantindo o cumprimento dos decretos executivos que deliberam a respeito da lotação e higienização dos veículos, funcionários e passageiros. Todos devem usar máscaras e álcool em gel. Além disso, os pontos de ônibus têm passado por sanitização, já que são locais de grande circulação de pessoas. Ainda, houve a reorganização do Paradão da Avenida Rio Branco, com a redistribuição da demanda por linhas ao longo de outros três pontos ao longo da via. Em vez de concentrar todas as linhas em uma única parada, o que resulta em aglomerações de pessoas, as linhas passarão a parar em pontos diferentes, amenizando a possibilidade de aglomerações.

A Secretaria de Mobilidade Urbana ainda sinaliza que monitora diariamente a demanda pelo transporte coletivo. Dessa forma, por meio do consórcio SIM, consegue organizar e planejar a viabilização de mais veículos em determinados horários, medida que colabora para impedir a formação de aglomerações de pessoas.

O Comitê Estratégico de Acompanhamento do Covid-19 integra representantes da Casa Civil, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Saúde, 1ª Vara Cível Especializada da Fazenda Pública, Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Hospital São Francisco, Hospital de Caridade Astrogildo de Azevedo, Hospital Universitário de Santa Maria, Hospital Casa de Saúde, Hospital de Guarnição de Santa Maria, Hospital da Brigada Militar de Santa Maria, Hospital da Unimed Santa Maria, Associação Franciscana de Assistência à Saúde (Sefas), 4ª Coordenadoria Regional de Saúde (4ª CRS), Universidade Franciscana, Universidade Federal de Santa Maria, Comando da 3ª Divisão do Exército, e grupo de assessoramento técnico (composto pelos médicos Jane Costa, Fábio Lopes Pedro, Thiego Cavalheiro, Alexandre Vargas e Cláudio Azevedo).

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo