ELEIÇÕES 2020. Um desafio e tanto para os partidos que têm hegemonia nas maiores cidades, inclusive SM

ELEIÇÕES 2020. Um desafio e tanto para os partidos que têm hegemonia nas maiores cidades, inclusive SM

ELEIÇÕES 2020. Um desafio e tanto para os partidos que têm hegemonia nas maiores cidades, inclusive SM - 02468f2d-poder360-foto-abre

18 prefeitos do PSDB em grandes centros urbanos brasileiros tentam a sua reeleição. Entre eles está o santa-mariense Jorge Pozzobom

Do portal especializado PODER360. Reportagem de DOUGLAS RODRIGUES e MALU MÕES. A foto é de ORLANDO BRITO (Divulgação/PSDB)

Os partidos têm até esta 4ª feira (16.set.2020) para definir os candidatos às eleições de 2020. Daqui a 2 meses, 147,9 milhões de eleitores devem eleger prefeitos e vereadores em 5.568 municípios. Mas 38% dos votantes (54,4 milhões) concentram-se em apenas 96 cidades: as 26 capitais e 70 municípios com mais de 200 mil eleitores – o G96.

É onde a batalha eleitoral será para valer. Em todas as cidades com mais de 200 mil eleitores há 2º turno quando nenhum candidato a prefeito obtém, pelo menos, 50% mais 1 dos votos válidos.

O PSDB é a legenda que conseguiu manter maior presença nesses grandes centros. Tem sob o seu comando 30 municípios do G96.O MDB (ex-PMDB) segue em 2º lugar, com 15 prefeituras. Siglas como PSB, DEM e PSD aparecem em seguida, com 7 cidades cada.

O PT está nos grotões. A sigla havia conquistado 25 cidades do G96 em 2008. Nesta eleição não governa nenhum desses municípios. No último pleito, em 2016, o petista Marcus Alexandre foi eleito para a capital do Acre, Rio Branco. Mas renunciou ao cargo em 2018 para disputar o governo estadual. Acabou perdendo. Agora, o partido busca se reerguer e reconquistar o comando de grandes prefeituras.

O Aliança pelo Brasil, legenda que Jair Bolsonaro quer criar, não conseguiu a tempo o registro no TSE para lançar candidatos. Bolsonaristas filiados a outros partidos tendem a colar sua imagem no presidente para ganhar capilaridade eleitoral. Em agosto, Bolsonaro atingiu o maior patamar de aprovação desde o início do governo. Pode influenciar o voto do eleitor mais conservador.

Eis abaixo o desempenho dos partidos nas eleições de 1996 a 2016 com o atual cenário nas 26 capitais e nas 70 cidades com mais de 200 mil eleitores:

ELEIÇÕES 2020. Um desafio e tanto para os partidos que têm hegemonia nas maiores cidades, inclusive SM - 7bcb0f66-poder360-tabela-superOs tucanos são os que têm mais eleitores governados no G96 (21,2 milhões). Em seguida aparecem o MDB (5,6 milhões) e o Republicanos (4,9 milhões)…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *