ESTRADA. Valdeci aprova requerimento e haverá audiência pública para debater sobre a ‘Faixa Nova’

ESTRADA. Valdeci aprova requerimento e haverá audiência pública para debater sobre a ‘Faixa Nova’

ESTRADA. Valdeci aprova requerimento e haverá audiência pública para debater sobre a ‘Faixa Nova’ - 145b1714-valdeciPor MARCELO ANTUNES (com imagem de Reprodução/AL), da Assessoria do Parlamentar

Uma solução por parte do governo do estado para o trecho de 9 km da Faixa Nova de Camobi, em Santa Maria, que ficou de fora do projeto de concessão da RSC-287, que vai do município até Tabaí, foi a cobrança feita na manhã desta terça-feira (15) pelo deputado Valdeci Oliveira (foto acima) na reunião ordinária da Comissão de Assuntos Municipais (CAM) da Assembleia Legislativa.

Durante o encontro do colegiado, Valdeci, que é coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da RSC-287, também teve aprovado, por unanimidade, seu requerimento para a realização de audiência pública para debater o tema.

“Temos acompanhado muito de perto essa discussão e tenho a convicção de que o executivo estadual precisa apresentar uma alternativa, uma vez que a Faixa Nova não foi contemplada. Se há todo um processo de privatização da rodovia, inclusive com a instalação de praças de pedágio, é preciso que o governo apresente, a curto, médio e longo prazos uma resposta para a cidade, pois se trata justamente de um trecho urbano onde há maior volume de tráfego, onde estão os maiores gargalos da entrada ou saída de Santa Maria”, argumentou o parlamentar.

Valdeci lembrou ainda que a audiência pública aprovada é justamente para se buscar “discutir alternativas, de forma muito franca, para uma situação extremamente urgente e necessária que a cidade tem reivindicado há muito tempo”. Em sua fala, Valdeci recordou que outro acesso à cidade trecho, a chamada Faixa Velha (na RSC-509), teve sua duplicação iniciada no governo de Tarso Genro e finalizada na administração de Ivo Sartori, o que ajudou muito a parte do município que foi atendido.

“Mas essa outra parte não consegue aceitar nem entender por que toda a rodovia será duplicada e o trecho que tem um grande volume, que a população mais utiliza, não tem sequer uma sinalização por parte do governo. Lembro que, anos atrás, essa rodovia era federalizada e hoje é estadual. Temos de trabalhar, quem sabe, com a alternativa deste trecho ser federalizado novamente para que haja uma solução”, propôs o deputado. “Nossa intenção é, juntamente como o executivo, autoridades, entidades de Santa Maria, empresários, prefeitura, câmara de vereadores e universidades fazer esse debate e buscar uma resposta concreta, para que a obra seja realizada de alguma forma”, enfatizou o parlamentar.

A data e o local para a realização da audiência pública serão estabelecidos nos próximos dias.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *