Destaque

KISS. Aos 92 meses do fato, já se tem o local onde o Júri acontecerá. Mas a data, essa, nem mesmo Ele sabe

E então se chega a mais um dia 27, data que lembra o janeiro de 2013, quando 242 meninos e meninas foram chacinados pelo incêndio na Boate Kiss, além de ter provocado ferimentos em outros 600, pelo menos.

E, mais uma vez, quando se lembram os 92 meses decorridos desde então, a pandemia impede os atos habituais, inclusive a vigília na Praça Saldanha Marinho, o momento de reflexão e o minute do barulho, que acontecem, continuadamente, desde um mês após o incêndio.

Mas há, claro, algumas lembranças, além das que este site faz, desde o primeiro mês. Uma delas, postada no Facebook, é a da “mãe da Kiss”, Ligiane Righi da Silva:

´´Não podemos impedir os sofrimentos dos outros, mas temos responsabilidade quanto ao nosso olhar sobre eles.”

92 meses de pura saudade

Pensando no bem-estar coletivo e seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, as vigílias estão suspensas por tempo indeterminado, devido ao Coronavirus (Covid -19). A prevenção salva vidas!

Para que a maior tragédia das nossas vidas não se repita a outras famílias.”

EM TEMPO: para não dizer que nada aconteceu, nos últimos 30 dias, há a decisão, do Tribunal de Justiça, de que os quatro réus do processo criminal serão mesmo submetidos ao Júri Popular em Porto Alegre, e não em Santa Maria. Data? Ninguém sabe, ainda.

NOTA DO EDITOR: este site, como faz a cada dia 27, e não é diferente agora, publica a imagem com os nomes dos 242 meninos e meninos chacinados. E assim será, até que se faça JUSTIÇA.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo