DestaqueEleições 2020Santa Maria

ELEIÇÕES 2020. Pozzobom vai até a Polícia Federal e registra queixa-crime contra propaganda de Cechin

Saiba as razões do candidato tucano e o que têm a dizer ainda o outro lado

Jorge Pozzobom realizou uma transmissão ao vivo pelo Facebook logo após fazer o registro da queixa-crime na PF (Foto Reprodução)

Por Maiquel Rosauro

A campanha eleitoral em Santa Maria agora é caso de polícia. Na tarde desta terça-feira (25), o prefeito e candidato à reeleição, Jorge Pozzobom (PSDB), foi à sede da Polícia Federal registrar uma queixa-crime contra propaganda eleitoral do vice-prefeito e candidato ao Executivo, Sergio Cechin (PP). O tucano afirma que o progressista e seu vice, Francisco Harrisson (MDB), divulgaram informações falsas sobre o combate à pandemia de covid-19.

“Primeira mentira criada pelo candidato Sergio Cechin, mente descaradamente que eu me recusei a comprar respiradores para combater a covid-19. Ele sabe que é mentira justamente porque não precisamos comprar respiradores. O Governo Federal e Estadual nos cederam, não falta nenhum equipamento e temos verba ainda se for necessário”, afirma Pozzobom.

O tucano ainda ressalta que Harrisson também mentiu na propaganda eleitoral.

“Mais grave ainda partiu do meu ex-secretário de Saúde. Ele utiliza o horário eleitoral insinuando dolosamente que nós estamos usando a verba de combate ao coronavírus para fazer asfalto. Isso é vergonhoso, é lamentável, é sorrateiro”, disse Pozzobom.

As declarações foram feitas por Pozzobom em uma live, em frente à Polícia Federal, onde explicou as motivações para o registro da queixa-crime.

Outro lado

O Site entrou em contato com a coligação Santa Maria Agora Sim, de Cechin e Harrisson, e solicitou um contraponto sobre as declarações de Pozzobom divulgadas na transmissão ao vivo pelo Facebook.

Em relação aos respiradores, a coligação alega que é Pozzobom quem está mentindo aos santa-marienses.

“O Pronto-Atendimento do Patronato conta com quatro respiradores antigos, recuperados diversas vezes pela Universidade Federal de Santa Maria. A necessidade de respiradores é constatada em vídeos que circulam pelas redes sociais, em que pessoas respiram ambuzadas manualmente. Fica evidenciada a necessidade de respiradores no Município. Ressalta-se que não foram doados respiradores pelos governos Federal e Estadual aos pronto-atendimentos da cidade. Assim, fica, mais uma vez, claro que não é a Coligação Santa Maria Agora Sim que falta com a verdade com os santa-marienses”, diz a nota.

Sobre as queixas de Pozzobom em relação ao que disse Harrisson na propaganda eleitoral (usar verba do combate à covid para asfaltar ruas), a coligação afirma que o emedebista está correto.

“O candidato a vice-prefeito Dr. Francisco Harrisson não faz insinuações. Mostra que o prefeito, no ano de pandemia, espalhou obras de pavimentação pela cidade e que, no seu entendimento, deveria ter usado seu esforço de forma a ser mais eficiente no diagnóstico (testagem) e tratamento do covid”, diz a nota.

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Cladistone está desesperado? Ou está numas de Dilma, a humilde e capaz, numa eleição ‘a gente faz o diabo’? Começou com uma moça falando em tom ‘simpatico’ o que a população tem que fazer ou deixar de fazer. Talvez alguma tentativa de ganhar o voto de esquerda ou o voto jovem feminino. Esqueceu que perde noutra ponta.
    Vamos ver o que vai dar.

  2. O Bom e o “Que Abraça” fizeram campanha juntos, conviveram juntos e pelo visto não conhecem nada um do outro.
    Estão se conhecendo agora.
    O Bom não sabia do processo o “Que Abraça”?
    Tá muito feia esta campanha. E não é desde o segundo turno.
    Desde o começo, os que ficaram pra trás não faziam diferente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo