Destaque

COVID-19. Santa Maria deve receber CoronaVac nesta terça (19), com vacinação no mesmo dia

Doses serão encaminhadas ao Setor de Imunização da Prefeitura

Definição ainda depende do governo do Estado e do horário em que a vacina chegará ao Município. Foto Ariéli Ziegler / Prefeitura

Por Manuela Vasconcellos / Prefeitura de Santa Maria

A Prefeitura de Santa Maria planeja dar início à campanha histórica de vacinação contra a Covid-19 entre esta terça (19) e quarta-feira (20). A previsão é que as doses da CoronaVac cheguem ao Município nesta terça-feira e, dependendo do horário de chegada, a vacinação poderá ocorrer no mesmo dia ou no dia seguinte. As confirmações dependem do governo do Estado, por meio da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde (4ª CRS), responsável por fazer o transporte dos imunizantes da Capital para Santa Maria e por separar o quantitativo para cada município. A intenção é que profissionais de saúde do Centro de Referência Municipal da Covid-19 sejam os primeiros imunizados e, após, aqueles que atuam em áreas críticas de tratamento de pacientes com a doença.

Uma vez no Município, as doses serão encaminhadas ao Setor de Imunização da Prefeitura e ficarão armazenadas em uma câmara fria. No local, já será feita a separação das primeiras e das segundas doses aos integrantes do grupo prioritário, conforme a seguinte ordem: profissionais da saúde da linha de frente do combate à Covid-19, idosos de instituições de longa permanência e população indígena. Essa ordem de vacinação depende do número de doses encaminhadas para Santa Maria.

Profissionais da saúde
Um ato simbólico marcará o começo da imunização contra o coronavírus em Santa Maria, no Centro de Referência Municipal da Covid-19 (Rua Conrado Hoffmann, 277, Bairro Nossa Senhora de Lourdes). O dia e o horário dependem de quando o imunizante chegará ao Município e ocorrerá após a separação das doses.

O local, em atividade desde março, foi escolhido por centralizar informações e decisões para minimizar o avanço do vírus no Município. No Centro, a enfermeira Talissa Farias Arruda, 36 anos, e a farmacêutica Catrine de Souza Machado, 30 anos, serão as primeiras pessoas a receber a dose. As profissionais da saúde são servidoras do Município e atuam diretamente na coleta de exames no Centro de Referência e em domicílios com pessoas que apresentam sintomas do coronavírus. Além delas, no mesmo dia, serão vacinados outros profissionais no mesmo local.

Durante o ato simbólico, as demais doses serão encaminhadas pelo Município para as seguintes instituições: Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), Pronto-Atendimento Municipal (PAM) do Patronato, Pronto-Atendimento da Tancredo Neves, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Hospital Regional, Hospital de Caridade Alcides Brum e Hospital Universitário de Santa Maria (Husm). Em caso de um maior quantitativo de doses, lares que abrigam idosos também poderão receber os imunizantes, que serão destinados aos profissionais que atuam no cuidado aos abrigados. Cada instituição de saúde ou lar de idosos é responsável pela definição das pessoas que serão imunizadas.

Em Santa Maria, toda esta logística já estava sendo preparada desde o início de dezembro por meio do Grupo Técnico de Vacinação para a Covid-19. Integrantes estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira (18). As definições estão sendo encaminhadas conforme informações repassadas pelo Estado.

A Prefeitura reforça que, neste primeiro momento, as doses contra a Covid-19 não estarão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Quando isso ocorrer, será informado com brevidade. Também, mesmo imunizadas, as pessoas devem seguir com as medidas de segurança e higiene, principalmente, com o uso de máscara de proteção e evitando aglomerações, para conter a proliferação do coronavírus.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo