CulturaDestaque

CULTURA. ‘Confessionário – Relatos de Casa’ tem início de uma nova temporada nesta segunda-feira

Websérie traz relatos de agressões sofridas por atrizes que estão no projeto

Atriz Valeria Barcellos, mulher transexual, é uma das que conta a sua própria história na websérie (foto Freddy Paz/Divulgação)

Por Tatiana Py Dutra / Padrinho Agência de Conteúdo

Cleonice casou-se acreditando que viveria um conto de fadas, mas a realidade a colocou dentro do ciclo da violência doméstica. Eva foi estuprada por um primo aos 14 anos e engravidou. Ela o denunciou para a família, mas nem a própria mãe acreditou que o rapaz, tão querido de todos, tivesse cometido o crime. Raquel pensava ter encontrado um novo amor em um site de namoros, mas acabou dentro de um relacionamento abusivo.

Essas são apenas três das nove histórias trazidas pela websérie Confessionário – Relatos de Casa, que estreia sua segunda temporada no YouTube (www.youtube.com/confessionario) hoje, segunda-feira (22), às 19h. Na terça (23), os episódios começam a ser exibidos no IGTV (www.instagram.com/confessionariorelatosdecasa/channel). Todos os episódios dispõem de recursos de acessibilidade (audiodescrição, Libras e legendas para surdos e ensurdecidos).

Segunda mais votada pelo público no 48º Festival de Cinema de Gramado em 2020, a websérie traz atrizes dramatizando relatos reais sobre violência doméstica e de gênero. Porém, nesta temporada, duas atrizes decidiram contar relatos pessoais de agressões sofridas: Cristina Flores e Valéria Barcellos, uma mulher transexual. A atriz e diretora Deborah Finocchiaro, uma das idealizadoras do Confessionário – Relatos de Casa, conta que essa era uma proposta do projeto às artistas participantes.

 “Como o projeto tem como base a transparência, a ideia de encorajar as mulheres a contar suas histórias, sempre que eu chamava as atrizes dizia: ‘Se você tiver uma história sua será muito bem vinda’. E foi muito comovente, revelador e transformador. Para elas que se expuseram generosamente e para nós”, avalia Deborah.

Gravações e pandemia

A primeira temporada de Confessionário – Relatos de Casa, teve sua estreia dia 24 de agosto de 2020, meses depois de estatísticas oficiais apontarem que a pandemia estava elevando os índices de violência doméstica e de gênero no país. A ideia, segundo Deborah, era estimular as mulheres a se livrarem da culpa e do medo e a denunciar os agressores. Ao fim da maioria dos episódios, a advogada Gabriela Ribeiro de Souza, especialista em direito da mulher, presta informações sobre tipos de violência, formas de denunciar entre outras informações úteis.

A pandemia também determinou a forma com que a websérie seria feita: tudo à distância. Diretores, atrizes e equipe técnica trabalham cada um de suas casas e as dificuldades inerentes ao uso de internet acabam sendo admitidas como linguagem audiovisual.

“Tecnicamente continuamos gravando de forma remota e assumindo as oscilações da internet, pois buscamos gravar o real e a verdade de cada atriz em seus episódios”, diz o cineasta Luiz Alberto Cassol, diretor e co-idealizador da websérie.

Produzida com recursos da Lei nº 14.017/2020 – Aldir Blanc, a terceira temporada de Confessionário – Relatos de Casa, tem estreia prevista para 29 de março.

FICHA TÉCNICA

Criação, direção e roteiro: Deborah Finocchiaro e Luiz Alberto Cassol

Textos: Adaptação coletiva a partir de relatos de Gabriela Souza, notícias e outras histórias

Preparação de elenco: Deborah Finocchiaro

Elenco: Cristina Flores, Elaine Regina, Magda Loitzenbauer, Patricia Soso, Paula Souza, Sandra Alencar, Simone Telecchi, Sinara Robin e Valeria Barcellos

Direção de fotografia e direção de produção: Freddy Paz

Montagem e desenho de som: Leonardo Cappelatti

Trilha sonora: Laura Finocchiaro

Design gráfico: Luciano Ribas

Vinheta: Victor Teixeira dos Santos

Recursos de acessibilidade: Audiodescrição – Marilaine Castro da Costa e Felipe Mianes | Legendas em português – Marilaine Castro da Costa | Libras – Para Todos Acessibilidade – Ângela Russo

Assessoria de imprensa: Padrinho Agência de Conteúdo

Social media: Gabriela Rhoden Tellini 

Assessoria jurídica: Gabriela Souza – Advocacia para Mulheres

Produção executiva: Amanda Gatti e Deborah Finocchiaro

Coordenação geral: Deborah Finocchiaro

Apoio: Sindbancários, Rádio Univates FM, Rádio FM Cultura, Rádio União FM e Rede Estação Democracia

Realização: Companhia de Solos & Bem Acompanhados e Filmes de Junho

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo