CidadaniaDestaqueEconomia

CIDADANIA. Imposto Solidário contribui com 21 associações de Santa Maria. Saiba como participar

Município tem o potencial de arrecadar até R$ 24 milhões para a filantropia

Município tem o potencial para arrecadar até R$ 24 milhões, o que ajudaria várias entidades de Santa Maria (foto Arquivo/Prefeitura)

Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura / Por Bibiana Fantinel e Luana Giacomelli

Uma forma simples e sem custo de colaborar com instituições de Santa Maria é realizar a destinação de parte do Imposto de Renda ao Imposto Solidário. A campanha de arrecadação teve início no dia 1º de março e irá até o dia 30 do mesmo mês. Por meio de ações, a Prefeitura Municipal de Santa Maria, pelo Programa Municipal de Educação Fiscal, tem como objetivo conscientizar os contribuintes sobre a importância da destinação.

De acordo com informações da Receita Federal, Santa Maria tem o potencial para arrecadar até R$ 24 milhões por meio do Imposto Solidário, porém, poucas pessoas direcionam parte do valor aos Fundos Municipais. Pessoas físicas, que declaram Imposto de Renda por Deduções Legais (modelo completo), podem destinar até 6% do imposto de renda devido a cada um dos fundos municipais, ou seja, 3% ao Fundo Municipal do Idoso (FUMID) e 3% ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FMDCA). 

“A destinação do imposto de Renda, além de ser um ato de solidariedade com as mais de mil pessoas que são atendidas diretamente pelos 16 projetos, é um ato cidadania, pois, com R$ 24 milhões, vamos gerar emprego e renda aos santa-marienses e movimentar a economia neste momento de grandes desafios”, ressalta a coordenadora do Programa Municipal de Educação Fiscal, Rosaura Vargas.

Muitas associações se mantêm com recursos provenientes de parcerias com o Município, de empresas particulares, bem como de doações e ações da comunidade. Com a pandemia, houve uma queda na arrecadação, e as dificuldades aumentaram. Mais do que nunca, o benefício vindo da destinação do Imposto de Renda será muito importante. 

A Associação Colibri, entidade de caráter assistencial e educacional sem fins lucrativos, que atua no atendimento e acolhimento de pessoas de todas as idades com alguma deficiência física (PCD’s), é uma das entidades que podem receber recursos de um dos Fundos. De acordo com a diretoria, atualmente, o atendimento de cerca de 60 pessoas é realizado por sete funcionários. Com o benefício, a associação prevê a manutenção e o cuidado na habilitação e na reabilitação de pessoas com deficiência e a oportunidade de contratação de, pelo menos, mais dois educadores sociais no prazo de 12 meses, conforme explica a presidente da Associação Colibri, Maria do Carmo Bassan de Souza.

“Com mais pessoas trabalhando conosco, além da geração de emprego e a ampliação das nossas atividades, com mais qualidade para todos, esses educadores vão ficar na cidade e irão girar a economia. Todos ganhamos”, explica Maria do Carmo.

Em Santa Maria, além da Associação Colibri, outras 15 instituições são beneficiadas. São elas:

Aldeias Infantis SOS Brasil – Santa Maria – RS

Associação Amigos Do Santa Maria Judô

Associação Bandeira Social

Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE-SM

Associação Orquestrando Arte

Associação Riograndense Equoterapia e Equilíbrio

Centro de Apoio à Criança com Câncer

Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente

Instituto Pedagógico Tabor/Centro de Referência Familiar Recanto do Sol

Projeto Nações em Ação

Sociedade Espírita Estudo e Caridade – Lar De Joaquina

Turma do Ique – UFSM

Abrigo Espírita Oscar José Pithan

Lar das Vovozinhas

Vila Itagiba

Como destinar
– Por meio do Programa do Imposto de Renda Pessoa Física – Receita Federal: o programa faz o cálculo automaticamente para o fundo e gera os chamados “DARFs” para o pagamento. Basta pagar os DARFs para efetuar a destinação
– Para mais informações, acesse www.receita.fazenda.gov.br, contate o seu contador ou o Programa Municipal de Educação Fiscal no site da prefeitura ou pelo telefone (55) 3921-7073

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo