DestaqueSanta Maria

CIDADE. Fiscalização Integrada realiza mais de 80 vistorias no final de semana. Foram 21 notificações

Pessoas físicas e jurídicas na mira dos fiscais. Mais de 500 denúncias recebidas

Foram 81 vistorias ao longo do fim de semana, com quase 340 denúncias de aglomerações, por exemplo (foto Joao Alves/Prefeitura)

Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura / Por Diniana Rubin

As ações da Fiscalização Municipal Integrada se intensificaram ainda mais com o agravamento da pandemia e com a vigência da bandeira preta no Estado. De 26 a 28 de fevereiro, a força-tarefa, regida pela Fiscalização Municipal Integrada, realizou 81 vistorias junto a pessoas físicas e jurídicas. Houve 21 notificações por descumprimento de Decretos Municipais. 

Festas clandestinas, aglomerações e estabelecimentos abertos após as 20h foram as ocorrências mais registradas pela força-tarefa. As denúncias, que chegaram ao Centro Integrado de Segurança Pública (Ciosp) durante o final de semana, partiram das cinco regiões da cidade. Foram 339 denúncias de casos de aglomeração de pessoas e 519 denúncias de outros tipos.

Conforme o superintendente de Fiscalização, Marcio Abbade, só nesta segunda-feira (1°), cinco empresas de serviços não essenciais foram notificadas por estarem realizando atendimento ao público no local, o que não é permitido em bandeira preta.

“As ações devem seguir diariamente nesta semana, nos três turnos, para garantir o cumprimento das medidas de segurança sanitária e de distanciamento social no Município”, lembra Abbade.

Patrulha da Máscara

Com a exigência de medidas mais severas para conter o aumento de casos de Covid-19, sete servidores da Patrulha da Máscara também estiveram percorrendo ruas, avenidas e praças de Santa Maria, neste sábado (27) e domingo (28). Além das orientações sobre a importância do uso da máscara e do álcool gel, em algumas situações foi necessário fazer a entrega do item para quem não fazia uso.

As ações ocorreram no Calçadão Salvador Isaia, na Praça Saldanha Marinho, no Parque Itaimbé e na Praça do Maneco, no Bairro Centro, e na Avenida Roraima e em praças do Bairro Camobi. As equipes também orientaram os frequentadores das praças do Oreco e do Mallet. Além desses locais, houve ronda na Praça Dom Antônio Reis, no Jóquei Club e em praças dos bairros Nova Santa Marta e Tancredo Neves.

Segundo o secretário de Gestão e Modernização Administrativa, Marco Mascarenhas, as equipes encontraram muitas pessoas sem a máscara de proteção, mas as ações educativas buscam alertar sobre o cuidado que cada um deve ter com a sua saúde e com a das outras pessoas.

“Estamos sempre reforçando sobre as medidas de higiene e distanciamento, além de evitar as aglomerações, pois as pessoas seguem frequentando os locais públicos, mesmo na vigência da bandeira preta. A fiscalização vai seguir atuando, por isso, a conscientização de toda a comunidade é de extrema importância”, alerta Mascarenhas.

Denúncias de descumprimento das medidas podem ser feitas à Guarda Municipal pelos números 153, (55) 99217-8122, 99167-4728 e 99167-8452 (os celulares, somente via WhatsApp). A Superintendência da Guarda Municipal enfatiza que esses números são exclusivos para o registro de denúncias.

Ações da Fiscalização Municipal Integrada

Entre 26 e 28 de fevereiro

• Denúncias recebidas – 519

• Denúncias de casos de aglomeração de pessoas recebidas – 339

• Vistorias realizadas – 81

Alvos das vistorias

• Atividades recreativas – 4

• Bar – 9

• Comércio em geral – 4

• Distribuidoras de bebidas – 12

• Fruteira – 1

• Lancheria – 9

• Outros – 36

• Pizzaria – 2

• Restaurante – 3

• Supermercado – 1

Notificações emitidas

• Atividades recreativas – 2 (aglomeração de pessoas e por exercer atividades sem Alvará de Licença)

• Bar – 2 (vedada a permanência de clientes entre 20h e 5h)

• Comércio em geral – 1 (exerce atividades sem Alvará de Licença)

• Distribuidora de bebidas – 2 (vedada a permanência de clientes entre 20h e 5h)

• Distribuidora de bebidas – 1 (vedado aberto entre 20h e 5h)

• Lancheria – 1 (exerce atividades sem Alvará de Licença)

• Lancheria – 1 (vedada a permanência de clientes entre 20h e 5h)

• Outros – 2 (festa e aglomeração)

• Outros – 2 (estabelecimento aberto após as 20h com permanência de clientes e sem Alvará de Licença)

• Outros – 3 (vedada a permanência de clientes entre 20h e 5h)

• Outros – 3 (consumo de bebida alcoólica em via pública)

• Restaurante – 1 (vedada a permanência de clientes entre 20h e 5h)

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo