DestaqueSanta Maria

ELEIÇÕES. Milhares de santinhos de candidatos do PDT descartados às margens da Estrada do Perau

Presidente do Partido demostra surpresa e diz que investigará a situação

Santinhos da dupla Marcelo Bisogno e Fabiano Pereira estão jogados às margens da Estrada do Perau. (Foto Maiquel Rosauro)

Por Maiquel Rosauro

Milhares de santinhos de candidatos do PDT, nas duas últimas eleições, estão jogados em um barranco da Estrada do Perau, entre Santa Maria e Itaara. O descarte irregular de lixo no meio ambiente é considerado crime ambiental.

Os restos de propaganda política não são visíveis aos motoristas que transitam diariamente pelo local, mas podem ser observados por quem realiza uma caminhada próximo ao segundo mirante (sentido Santa Maria – Itaara).

Às margens da Estrada nota-se primeiro dois adesivos para carros que estão presos às árvores. As propagandas remetem à dupla Marcelo Bisogno (PDT) e Fabiano Pereira (PSB). Em 2020, eles concorreram, respectivamente, a prefeito e vice-prefeito de Santa Maria.

Propaganda descartada irregularmente em barranco próximo ao 2º mirante (sentido Santa Maria/Itaara) (Foto Maiquel Rosauro)

Descendo o barranco, são encontrados milhares de santinhos de Bisogno e Fabiano espalhados pelo chão. Há também material da então candidata a deputada estadual, em 2018, Juliano Brizola (PDT), e do então candidato a deputado federal, no mesmo ano, Afonso Motta (PDT).

Pela disposição das propagandas no terreno íngreme, elas aparentam ter sido jogadas dentro de caixas de papelão que se abriram na queda. No local, há também restos de móveis e eletrodomésticos.

Entre os santinhos, alguns aparentam nunca ter sido utilizados nas campanhas. Há, por exemplo, um punhado de propaganda de Juliana Brizola presa com um elástico de borracha, como se tivesse saído direto da gráfica.

Conforme o Artigo 61, do Decreto Federal 6.514/2008, causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da biodiversidade pode resultar em multa que varia de R$ 5 mil a R$ 50 milhões.

Surpresa

O presidente do PDT de Santa Maria, Marcelo Bisogno, demonstrou surpresa com o descarte irregular das propagandas.

“É uma grande surpresa este tipo de procedimento. Pela primeira vez, vejo um material da minha campanha jogado e abandonado”, disse Bisogno.

O pedetista calcula que alguém próximo de sua campanha possa ter agido de má fé a fim de prejudicá-lo politicamente.

Santinhos de Juliana Brizola, candidate a deputada no pleito de 2018, jamais chegaram às mãos dos eleitores (Foto Maiquel Rosauro)

“Vou buscar informações e tentar descobrir quem fez isso, porque tem alguma sacanagem e malandragem política aí. Ou alguém foi aos comitês, pegou nosso material e colocou ali para criar algum problema político ou foi alguém que se diz estar ao nosso lado, pegou o material, não fez campanha e jogou ali”, suspeita Bisogno.

No pleito do ano passado, Bisogno ficou na quarta colocação na corrida à Prefeitura. Sua campanha, segundo Prestação_de_Contas ao TSE, gastou R$ 28,8 mil em publicidade por materiais impressos.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Quando digo que algumas coisas no meu PDT, onde sou filiado há 30 anos, não há transparência, sou criticado.

    Estou vice presidente a pedido da Vereadora Luci, de quem fui assessor.

    Nesta última campanha, tive certeza absoluta que não sirvo e nem devo estar presente no cenário político.

    Sinceramente, aguardo a convocação da primeira reunião de executiva do PDT para finalizar minha vida política.

    Creiam, os bastidores políticos não fazem bem para quem tem personalidade forte como a minha.

    Neste curto período como vice presidente, fiz mais desafetos do que amizades.
    Aqui fica o recado. Se você não tem preço, não se envolva politicamente. Os bastidores políticos são sórdidos.
    Em 3 meses afastado da vida pública, minha glicose caiu a níveis muito baixos e, definitivamente, abandonei o comprimido depressivo.
    Mas fica só uma pergunta no ar:
    Como um deputado com o nome e a quantia que o Afonso Motta deposita em Santa Maria, faz apenas 700 votos como deputado?
    Sei que muitos irão me criticar.
    Este partido, 3 dias antes da convenção, estava inativo.

    Lamentável o fato hora registrado.

    PDT em Santa Maria logo irá virar ‘barriga de aluguel”

    Sequer sei se estarei vivo. Mas se estiver, não farei parte desta história.

    Realmente, la Men tá vel…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo