DestaqueRegião

CAÇAPAVA DO SUL. Unipampa e UFSM construirão “Centro Interpretativo do Geoparque Caçapava”

O local deverá manter vivos a memória e o patrimônio cultural do município

Em ato on-line houve a assinatura de decreto de desapropriação do terreno e ruínas do Clube Recreativo 1º de Maio (Foto Reprodução)

Por William Brasil / Prefeitura de Caçapava do Sul

A Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul realizou na manhã de quinta-feira (15) um ato solene, online, para a assinatura e celebração de decreto de desapropriação das dependências do antigo Clube Recreativo 1º de Maio, para transferência à Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), onde, em projeto conjunto, deverá ser construído o Centro Interpretativo do Geoparque Caçapava, que é pré-requisito obrigatório para a certificação da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O Centro Interpretativo em questão servirá ao propósito de manter viva a memória do passado da cidade de Caçapava do Sul e seu patrimônio cultural; substituindo o prédio do antigo Clube Recreativo 1º de Maio por uma moderna edificação, com preservação da fachada histórica, representando um ponto de valorização da identidade local e de transmissão de conhecimento. Será também um novo atrativo turístico e ponto de encontro de turistas, servindo como origem para as diversas opções de roteiros de Caçapava. O Centro Interpretativo vai abrigar diversas exposições, que pretendem difundir o conhecimento sobre o Patrimônio Natural e Cultural de Caçapava, além de manter viva a memória do tão querido Clube Recreativo 1º de Maio.

Participaram da reunião representando a Prefeitura de Caçapava do Sul, o prefeito Giovani Amestoy, o secretário de Cultura e Turismo, Stener Camargo, o procurador Geral, Luciano Pavanatto, a secretária da Fazenda Ihoko Mota, o chefe de gabinete, Higor Casanova e o coordenador de Comunicação, William Brasil; representando a Unipampa estavam o reitor, Roberlaine Ribeiro Jorge, o pró-reitor adjunto de Extensão e Cultura, Franck Maciel Peçanha, o diretor do Campus Caçapava do Sul, José Waldomiro Jimenez Rojas, o coordenador do Geoparque Caçapava na Unipampa, Felipe Guadagnin. E, por fim, representando a UFSM, o reitor, Paulo Afonso Burmann, o pró-reitor de Extensão, Flavi Ferreira Lisboa Filho, o professor do departamento de Geociências da UFSM, André Weissheimer de Borba, a servidora da coordenadoria de Desenvolvimento Regional e Cidadania da PRE/UFSM, Patrícia de Freitas Ferreira, a coordenadora da Divisão de Geoparques, Natália Huber e o professor Fábio Muller, responsável pelo projeto arquitetônico do Centro Interpretativo.

Nas falas, as autoridades reconheceram o dia como histórico para que Caçapava do Sul transforme o local, hoje, abandonado e em ruínas, como um moderno Centro Interpretativo, resgatando também um prédio que faz parte do Patrimônio Histórico em pleno centro, além de ser o início para que Caçapava do Sul seja incluído na lista seleta de territórios chancelados pela Unesco como Geoparque Mundial.

Saiba mais sobre o projeto clicando AQUI.  

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo